A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/06/2010 13:14

Moka avisa que não vai desistir de disputar o Senado

Redação

"Os boateiros de plantão que se preparem. Vou ser candidato. E eles terão que me enfrentar nas urnas". A frase é do deputado federal Waldemir Moka (PMDB), que irá disputar o Senado nas eleições de outubro.

Moka afirmou nesta terça-feira que os boatos sobre sua desistência de disputar o Senado serviram apenas para estimular os aliados dele.

Por conta das especulações, ele recebeu dezenas de ligações e mensagens de incentivo nos últimos três dias.

"Jamais recebi tanto apoio como agora. Não vi isso nem após vencer uma eleição", disse. "Quando não era o prefeito, era vereador, deputado federal e estadual, ou mesmo agricultor", acrescentou.

Moka afirmou ainda que o projeto de eleição dele é do PMDB e de mais de 50 prefeitos e centenas de vereadores, deputados, militantes e partidos aliados como PSDB, DEM, PPS e PR.

Waldemir Moka é presidente da mais importante comissão do Congresso Nacional, a de Orçamento

"Duvido que exista alguma pré-candidatura com essa musculatura. Na hora certa, todos esses aliados vão entrar em campo. Não entram agora porque a legislação eleitoral não permite. E todos estão respeitando", declara.

O período eleitoral tem início após as convenções que acontecem de 10 a 30 de junho.

Moka é um dos candidatos mais fortes na disputa para o Senado. Também disputam o Senado nas eleições de outubro o senador Delcídio do Amaral (PT) e o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT).

Outro possível candidato é o vice-governador Murilo Zauith (DEM). Nas eleições deste ano, cada eleitor votará em dois senadores por Mato Grosso do Sul.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions