A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

12/09/2017 14:12

Monopólio da JBS em MS será investigado pela CPI, afirma Marun

Osvaldo Júnior
Carlos Marun, na Câmara Federal; deputado é o relator da CPMI da JBS (Foto: Divulgação)Carlos Marun, na Câmara Federal; deputado é o relator da CPMI da JBS (Foto: Divulgação)

Entre as ações da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da JBS na Câmara Federal, está a investigação quanto à constituição pelo grupo de monopólio no mercado da carne, prática que inclui Mato Grosso do Sul. Este é um dos focos dos trabalhos, conforme informou o relator da Comissão, o deputado federal Carlos Marun (PMDB/MS).

Ao tratar do assunto, o parlamentar enfatizou que a formação de monopólio teria sido praticada pela JBS em Mato Grosso do Sul. “Coisa que aconteceu no meu Estado, onde a empresa comprava frigoríficos, alugava frigoríficos e os fechava para ter um monopólio da aquisição de gado”, disse.

Além disso, Marun também informou que a CPMI investigará a relação entre a JBS e o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social). Descumprimento de obrigações previdenciárias é outra frente de investigação, de acordo com o parlamentar.

Por fim, o deputado elencou que será apurada as “circunstâncias controversas, que envolvem esse acordo de delação premiada”. “Nada é menos importante, nada é mais importante. Queremos dar uma resposta à sociedade em relação a todos esses aspectos”, finalizou.

Governador – Carlos Marun admitiu ter relação estreita com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e que ele (Azambuja) tem interesse contra a JBS. “Mas vou atuar em cima da verdade”, assegurou. “Obviamente, não desejo espetacularização da CPI, não desejo a transformação da CPI em palanque eleitoral”, concluiu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions