A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/04/2011 11:59

MPE denuncia improbidade e quer afastamento do prefeito de Aquidauana

Aline dos Santos
Prefeito foi denunciado por improbidade administrativa(Foto: Adriano Hany / Arquivo)Prefeito foi denunciado por improbidade administrativa(Foto: Adriano Hany / Arquivo)

O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou o prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), por improbidade administrativa e quer seu afastamento do cargo.

A ação civil, apresentada à 2ª Vara Cível, também pede o afastamento de secretários municipais. Conforme a denúncia, contrato entre a prefeitura de Aquidauana e uma agência de publicidade, localizada em Campo Grande, causou prejuízo de R$ 3 milhões aos cofres públicos.

Segundo o MPE, “há provas dando conta que referida empresa, através de “caixa 2”, contribuiu com R$ 70 mil para a campanha política do então candidato a prefeito Fauzi Suleiman, tendo como contrapartida a promessa do candidato de contratá-la caso ganhasse as eleições”.

Ainda segundo a denúncia, a prefeitura de Aquidauana abriu licitação para contratar empresa de publicidade. O processo atraiu quatro empresas, com vitória da empresa privilegiada.

“As provas demonstram que o processo licitatório foi fraudado desde o início, sendo que todos os esforços feitos pela comissão de licitação, sob orientação do Dr. Péricles Garcia Santos e supervisão do Dr. Douglas de Figueiredo, foi direcionado para beneficiar referida empresa”, sustenta, em nota, o promotor José Maurício de Albuquerque.

Além do prefeito, foram denunciados Paulo César Rodrigues dos Reis (secretário de Saúde), Paulo Sérgio Goulart (secretário de Finanças), Luiza Eliete Flores Louveira da Cunha (secretária de Educação), André Beda (procurador jurídico), Eutiques Julio Savieto (funcionário da prefeitura), Edy Souza Vieira (funcionário da prefeitura) e Douglas Melo Figueiredo, que prestava assessoria jurídica à prefeitura de Aquidauana e é atual prefeito de Anastácio.

O MPE abriu 40 inquéritos civis para apurar denúncias contra a prefeitura de Aquidauana. A maioria delas foram feitas pelo vereador Wezer Lucareli (PPS), com base em relato de Péricles Garcia Santos, ex-assessor da prefeitura.

As denúncias são referentes à prática de peculato, fraudes em processos de licitações, enriquecimento ilícito, aquisição de bens de maneira dissimulada, desvio de verbas públicas, contratação irregular de funcionários, falta de médicos e sucateamento do hospital Dr. Estácio Muniz.

Conforme uma das denúncias, Fauzi Suleiman, Paulo Reis e Douglas Figueiredo teriam adquirido 50% do jornal “Notícias do Estado” - o que serve de Diário Oficial do município - e arrendado a rádio FM Pan por R$ 65 mil.

Trama criminosa – Em entrevista à rádio FM Pan, o prefeito Fauzi Suleiman relatou ser vítima de uma trama criminosa. Ele denuncia que é alvo de uma campanha difamatória promovida pelo vereador Wezer Lucarelli, ex-procurador jurídico, ex-secretário de saúde e ex-secretário de finanças das gestões Felipe Orro e Raul Freixes.

“Nem minha família o vereador tem poupado. Wezer faz oposição da mesma forma que participou da administração desta cidade, de maneira canalha e oportunista sem respeitar as pessoas” disse.

Segundo o prefeito, o vereador disse em entrevista a uma rádio comunitária que tem uma gravação contendo denúncias contra sua administração. O prefeito justifica que o vereador pagou R$ 50 mil para conseguir um depoimento. “Ele é o autor de uma trama criminosa”, enfatiza.

Fauzi Suleiman finalizou a entrevista colocando a disposição da justiça seu sigilo bancário, fiscal e telefônico.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


Concordo com o comentário do João Lucio da Silva, é interessante como o MPE só agora resolveu investigar e intervir na questão, o Felipe passou 8 anos no comando da cidade e me lembro que houve algum tipo de acusação contra seu governo, mas o MPE investigou? afastaram o canalha do Felipe até concluir as investigações? é preciso investigar também o MPE, derrepente alguma conta bancária está se beneficiando com toda essa novela. Afinal de contas nesse país tudo é possível.
 
Altevir F Ferreira em 15/04/2011 10:26:31
Aquidauana, Portal do Panatanal, está passando por um período muito difício, como se bastassem as chuvas, cheias etc. ainda temos que conviver com as "maracutaias" dessa plêiade de maus políticos e seus seguidores encabeçada pela dupla mandatária "co-irmã ANASTAQUIDA". Que pena, a população desse lado não merece essas "coisas"! Pelo jeito as bruxas andam soltas por este lado... primeiro morre o eterno prefeito Claudio Valério, deixando um belo legado, Anastácio fica quase orfão, e agora a bela Aquidauana... que fase!!!
 
Lídio de Souza Neto em 08/04/2011 09:36:03
Bota o nome da agência! Isso acontece em todo o MS.
 
Pedro Nepomuceno em 08/04/2011 06:31:29
o vereador wezer esta de parabens, tem mais que acabar com a robolheira em nosso municipio de aquidauana, que o MP tome povidências para botar um fim nisto.
 
valério mauro em 07/04/2011 10:38:36
o MPE tem que ficar esperto com a empresa WA posto de combustivel que mama na prefeitura ate locaçao de maquinarios.
 
roberto dias fortuna em 07/04/2011 10:34:35
A conjuntura política atual favorece este tipos de denúncias em todo Brasil , haja vista que em 2012 , teremos eleições municipais , guardo em memória e até alguns arquivos do passado que fatos como estes ocorreram , mais tarde quando denunciado ou indiciado já havia morrido , foi inocentado .Nesta mesma cidade já tivemos casos semelhantes , o ex-prefeito que foi tratado com os piores conceitos pejorativos ,mais tarde depois de longa data foi inocentado em todos processos , mas levantou sacudiu a poeira e deu volta por cima , foi vereador mais tarde Senador da República , e aqueles que tanto o acusaram foram os primeiros da fila a elogiar em público , isto é público e notório em Aquidauana , quanto a questão da legislação pública em relação a a parte administrativa , segundo um documento elaborado com apoio de vários juristas ,pessoas que não são leigos neste assunto condenam a atual legislação ,haja que em muitas prefeituras deste interior do Brasil estão sem pessoas qualificadas para o exercício de sua função , e o que é pior a existência de legislações dúbias , e uma quantidade de normas ,portarias e resoluções , que surgem todos os dias , sem falar nos prazos ,para projetos etc....quando o assunto é concorrência pública sempre existe perdedores ,que muitas procuram fabricar boatos e fofocas e até mesmo falsas denúncias . Mas a Constituição Federal atual garante a ampla defesa e o direito do contraditório , não vamos julgar de maneira leviana , mas acredito na justiça e as denúncias devem ser apuradas , quando comentários acima de funcionários em seu legítimo direito de opinião , porque não denunciaram antes ? Conforme a legislação nenhum funcionário deve cumprir ou dar andamento em ordem ou procedimentos ilegais ,se o mesmo é concursado e efetivo não pode se omitir de forma alguma , que também pode ser indiciado em um inquérito administrativo por crime de omissão , o legislador municipal cumpriu com a sua parte que é de fiscalizar os atos do poder executivo , concluindo direitos se baseia em provas materiais , ia me esquecendo existe outro tipo de provas que são as testemunhas , que os velhos jurista denominam " a prostituta das provas " vamos assistir de perto todo esse processo, acredito na justiça. Aguardemos .
 
paulo roberto marques pereira em 07/04/2011 09:28:03
É imprecionante como os municipios de mato grasso do sul entra ano e sai ano continuam do mesmo jeito, se voçe ficar dez anos sem ir em uma cidade quando voutar lá tudo vai estar do mesmo jeito, pouca coisa muda, e para onde vai todo o dinheiro que as prefeituras recebem de repasses...,
 
wilson jose pereira junior em 07/04/2011 09:22:41
Coitada da minha pobre Aquidauana, depois de 8 anos andando pra trás com o tal de Felipe, merecia coisa melhor, aí aparece esse tal de Fauzi, com uma equipe muito ruim, não sabem nada, e agora ainda aparece esse tipo de denúncia, nos deixa na dúvida se são apenas péssimos administradores ou se são é mal intencionados mesmos. De qualquer forma fico com pena de Aquidauana e seu povo, mas, a culpa é do povo mesmo, que coloca tais elementos na prefeitura e, infelizmente, quem mais precisa é quem elege esses tipos e é quem mais sofre. Agora também já estou ficando com pena de Anastácio, que estava indo tão bem com o saudoso e grande prefeito Cláudio, infelizmente parece que a mesma turma está se apossando da sua cidade.O mais icrível é que o Felipe foi um dos piores prefeitos que já vi em nosso estado e ainda assim ele se elege deputado, tem mais é que sofrer mesmo para ver se aprende a votar esse povo.
 
Wellington Paulino em 07/04/2011 08:45:05
O engraçado é que desde de que me entendo por gente tenho visto estes fazendeiros mandarem e desmandarem em Aquidauana, enriqueceram se aproveitando da desgraça do nosso povo e o nosso Ministério Público sempre fez vistas grossas para toda a maracutaia que sempre ocorreu na Prefeitura..... Porque só agora o Ministerio público quer cobrar, o que esta movendo o ministerio Publico a investigar agora? ????
Fica ai a perguntae que cada um chegue a conclusão que quiser... só cabe observar é que os mesmos que hoje estão cobrando honestidade e transparencia sõ os mesmos que nadavam na corrupção na gestão passada, sõ os mesmos que poderiam ter feito as coisas de forma descente enão fizeram, e agora querem vir cobrar!!!!
 
João Lucio da silva em 07/04/2011 07:36:02
Temos que nos atentar que o municipio de Aquidauana tem sua própria gestão e faz com que aquele que comanda a cidade se responsabilize por todos os atos.Injusto é colocar pessoas que são mandados por ele serem citados nos autos sendo eles apenas meros cumpridores de ordens.Sabemos que os fazendeiros que comandavam Aquidauana nunca aceitaram a derrota,sendo assim nossa cidade jamais passara de uma fazenda desses criadores de bois.Sendo assim,cumprimento o prefeito de Anastácio por ter se afastado do municipio de Aquidauana e na infelicidade da morte prefeito Claudio Valerio ter assumido e tem mostrado como se administra um municipio sem as astutas ciladas desse mandatário de Aquidauana.Anastácio não permitirá que essas mostruosas atitudes de fazendeiros venham destruir tudo o que foi desenvolvido em Anastacio até agora.
 
Pedro Luis em 07/04/2011 05:58:20
Temos que avisar o MPE que a agencia beneficiada com a licitação também toma conta da prefeitura de Anastácio, onde o ex-assessor jurídico de Aquidauana é prefeito. Vale lembrar que o dono "Diário Oficial do município " tem livre acesso nas dependencias das duas prefeituras, e as vezes é até grosso com os funcionários.

Acho que o MPE abre os olhos por um lado é do outro faz az vezes da justiça!!! "Cega"
 
Francisco Arguelho em 07/04/2011 05:14:54
Infelizmente Aquidauana vem sofrendo com as tramoias e corrupção ali existente desde a morte do vereador Valdir Cartcart, que o fizeram calar da maneira mais sórdida possível. Uma cidade tão bonita como Aquidauana não merecia sofrer estes abusos.
 
Adrison dos Santos em 07/04/2011 04:34:47
todos sabemos que a corrupção ronda os cofres públicos de Aquidauana, principalmente nós que trabalhamos aqui dentro da prefeitura!

já chega!! o MPE tem que dar um basta nisso!!
 
joão paulo em 07/04/2011 03:53:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions