A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

07/09/2014 17:36

MS é o 2º estado no País que mais gasta com campanha política este ano

Alan Diógenes

O TSE ( Tribunal Superior Eleitoral) divulgou um levantamento sobre o gasto dos candidatos a governador no país com a campanha eleitoral. Conforme os dados da pesquisa, o candidato Reinaldo Azambuja (PSDB) gastou R$ 8 milhões acima do que foi arrecadado para a campanha.

De acordo com a Folha de São Paulo, estados sem grande população e com menor força econômica estão entre os que possuem campanhas mais caras para governador. Os seis candidatos declararam despesas somadas de R$ 31 milhões. Mato Grosso do Sul é o segundo Estado do país com mais gastos, atrás apenas de São Paulo. Além do tucano Reinaldo Azambuja, puxam os gastos para cima as candidaturas de Nelson Trad (PMDB) e de Delcídio Amaral (PT).

A Paraíba está em terceiro lugar, com gastos somados de R$ 23,7 milhões. Três candidatos gastaram acima de R$ 6 milhões no Estado: o governador Ricardo Coutinho (PSB), Cássio Cunha Lima (PSDB) e Vital do Rêgo (PMDB). A campanha mais barata é a do Acre, com despesas declaradas de R$ 360 mil.

Os candidatos a governador pelo país gastaram R$ 362 milhões nos dois primeiros meses de campanha, de acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Os dados são da segunda parcial da prestação de contas das candidaturas, divulgada no sábado (7).

O maior deficit da campanha é do candidato pelo PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha. Ele informou ter arrecadado R$ 4,1 milhões até agora, mas teve gastos de R$ 35 milhões. A campanha do petista diz que declarou como despesa quantias referentes à previsão de gastos com contratos já firmados.

Câmara adia de novo votação da PEC que cria distritão e fundo eleitoral
Após várias tentativas de votação nesta terça-feira (22), a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-e...
Câmara aprova parcelamento de dívidas de Estados e municípios com o INSS
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 22, em plenário, a medida provisória 778/2017, que permite Estados e municípios parcelarem...
Votação da PEC do fim das coligações será retomada nesta quarta-feira
A Comissão Especial da PEC 282/2016, que propõe o fim das coligações partidárias e estabelece cláusula de barreira, teve que suspender o processo de ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions