A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/05/2012 10:55

Na corrida por alianças, Trad diz que o “13” sempre deu sorte

Wendell Reis
Trad brinca que nunca perdeu uma eleição para o PT(Foto: Pedro Peralta)Trad brinca que nunca perdeu uma eleição para o PT(Foto: Pedro Peralta)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), coordenador da campanha do deputado federal Edson Giroto (PMDB), segue firme na busca de alianças para o seu candidato. Na avaliação sobre o número de aliados já conquistados, o prefeito brincou que pode passar de 15.

Ao ser lembrado que até o momento o PMDB teria 13 aliados, Trad disse que o número sempre lhe deu sorte. Indagado se não deveria ser o 15, número da sigla do PMDB, e não o 13, número de legenda do PT, Trad aproveitou para provocar. “Para mim sempre deu sorte. Eu sempre ganhei do 13. Vamos chegar a 15 e se bobear vai passar”, alfinetou o prefeito.

O prefeito também falou sobre a aliança com o PSB em Campo Grande e disse esperar que o partido continue tendo coerência e siga com o PMDB. Trad entende que o PSB conseguiu eleger um vereador em Campo Grande, Carlos Augusto Borges, o “Carlão”, por causa da aliança com o PMDB, que mais tarde veio a trazer outros frutos: a eleição de Lauro Davi (PSB) na Assembleia Legislativa.

“Foi através da nossa aliança que se deu a oportunidade para este partido ter representante na Câmara Municipal, que daí cresceu com a representação na Assembleia Legislativa. Se olhar para trás vai ver que o caminho mais certo e mais coerente é manter a aliança com este grupo”.

O presidente municipal do PSB, vereador Carlão, entende que o melhor caminho para o crescimento do PSB é manter a aliança com o grupo político do governador André Puccinelli e do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). Porém, do outro lado, o líder da oposição, senador Delcídio Amaral (PT), tenta conquistar o apoio do PSB, que é forte nacionalmente e pode alavancar sua candidatura ao Governo do Estado em 2014.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


A dúvida está tomando conta de vc Prefeito e do Governador e de todo povo campograndense que gostam de vcs e agradecem o trabalho feito. Mas tudo tem a sua primeira vez, inclusive a perder!!! Quando se inicia uma corrida a cavalo por exemplo, o cavalo tem que ser muito bom e principalmente o homem que está em cima!!! Esses escolhidos de vcs já saem mancando, de tanta rejeição. Como vão ganhar????
 
PAULA SOARES em 25/05/2012 01:36:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions