A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/02/2009 18:03

Nelsinho: arrocho preventivo reduziu efeitos da crise

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), disse nesta tarde que o fato de ter "apertado os cintos" com as finanças a partir de outubro do ano passado, minimizou os efeitos da crise no município.

"O que eu posso dizer é o seguinte: a gente sentiu que houve uma alteração, sentimos que as medidas que tomamos em outubro foram importantes para poder evitar um desgaste maior, e que agora estamos colhendo os frutos do aperto que nós tivemos que fazer desde outubro do ano passado", comentou.

Nelsinho afirmou que até amanhã, já terá em mãos uma espécie de diagnóstico das perdas que Campo Grande eventualmente sofreu neste mês de janeiro com a queda nos repasses constitucionais, como FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e com a cota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

"Eu mandei fazer uma análise das receitas constitucionais, até amanhã vamos saber o que aconteceu no mês de janeiro, para comparar ao ano anterior, para saber quanto houve de decréscimo, porque houve decréscimo em alguns setores dos repasses constitucionais. Vou fazer um comparativo da folha de pagamento também. Em cima disso nós vamos ver o real impacto desta crise", disse o prefeito.

Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions