A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

23/09/2019 09:00

Nelsinho e Mandetta fazem parte da comitiva de Bolsonaro na ONU

Senador de MS e ministro da Saúde chegam nesta tarde (23), com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), em Nova York

Leonardo Rocha
Senador Nelsinho Trad (PSD) durante reunião da Comissão de Relações Exteriores do Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)Fonte: Agência Senado)Senador Nelsinho Trad (PSD) durante reunião da Comissão de Relações Exteriores do Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)Fonte: Agência Senado)

O senador Nelsinho Trad (PSD) e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fazem parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que chega nesta tarde (23) em Nova York, nos Estados Unidos, para participarem da Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas).

Nelsinho vai participar do grupo por ocupar a presidência da Comissão de Relações Exteriores do Senado, cargo no qual foi escolhido já no seu primeiro mandato em Brasília. Ele tem participado de eventos internacionais, para debater parcerias do Brasil com outros países.

Já Mandetta vai participar da viagem junto com outros integrantes do governo federal, entre eles o chanceler Ernesto Araújo, o general Augusto Heleno, assim como o assessor para assuntos internacionais da Presidência, Filipe Martins, o seu porta-voz, Otávio Rêgo Barros e o chefe da Comunicação, Fábio Wajngarten.

Bolsonaro também estará acompanhado por sua esposa, Michelle Bolsonaro, e seu filho, o deputado federal EduardoBolsonaro (PSL-SP), que inclusive é cotado para ser indicado como próximo embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

A expectativa é que o presidente e sua comitiva cheguem à Nova York nesta tarde (23) e tenha uma agenda de um pouco mais de 30 horas na cidade. Segundo sua assessoria, Bolsonaro tem apenas um compromisso confirmado no local, que é a abertura da Assembleia Geral da ONU, na manhã de terça-feira (24).

Devido a sua recuperação após cirurgia, o presidente pode retornar ainda amanhã (24), inclusive sua equipe já teria cancelado encontros bilaterais durante sua passagem nos Estados Unidos, no entanto ainda pode jantar com o presidente Donaldo Trump.



O Nelsinho está desempenhando no governo Bolsonaro o mesmo papel que era desempenhado por Marun no governo Temer.
O papel de puxa saco oficial e extremo bajulador.
Total serviçal.
Uma vergonha.
 
Critico em 23/09/2019 22:02:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions