A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

31/10/2010 08:26

Nelsinho vota sem Puccinelli e diz ser ovelha vermelha

Redação

Diferentemente do que tem ocorrido nos últimos anos, o prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho (PMDB) e o governador André Puccinelli (PMDB), não foram juntos votar neste segundo turno, quando apóiam candidatos diferentes para a presidência da República. Enquanto Puccinelli destou da escolha nacional do partido e apoiou o tucano José Serra, o prefeito de Campo Grande optou por Dilma Roussef, do PT.

Puccinelli foi votar logo que as urnas abriram, na escola Lúcia Martins Coelho. Votou rapidamente e conseguiu driblar os jornalistas.

Nelsinho votou pouco antes das 9h, na escola Severino Ramos de Queiroz, na Vila Rosa.

Ele justificou que dessa vez não acompanhou o governador pois Puccinelli pois ele "não tinha hora para votar".

Ao comentar sua escolha por Dilma, o prefeito disse que estava votando pelo "melhor pêra a Morena". Completou brincando ser a "ovelha vermelha" nestas eleições, por ter escolhido um candidato diferente das lideranças de seu partido no Estado.

O prefeito afirmou que espera, com a eleição de Dilma, líder nas pesquisas, os projetos tocados pelo Governo Federal em Campo Grande não sejam interrompidos.

Apesar da declaração sobre ser uma "ovelha vermelha", o prefeito e a primeira-dama, Maria Antonieta Trad, foram à seção de votação com uma camiseta amarela, estampada com as cores da bandeira brasileira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions