ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  11    CAMPO GRANDE 27º

Política

No fim do prazo, TRE tem 514 pedidos de registro de candidaturas em MS

Todos os seis candidatos ao governo do Estado anunciados até aqui já encaminharam suas documentações

Por Humberto Marques e Anahi Gurgel | 15/08/2018 18:10
Thiago Freitas, do PPL, foi o último candidato a senador a se registrar no TRE. (Foto: Paulo Francis)
Thiago Freitas, do PPL, foi o último candidato a senador a se registrar no TRE. (Foto: Paulo Francis)

Até as 18h desta quarta-feira (15), o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) confirmou o protocolo de 514 pedidos de registro de candidaturas visando as eleições deste ano. Os dados foram repassados pela Secretaria Judiciária da Corte, e ainda serão lançados no sistema eletrônico da Justiça Eleitoral.

O número já contempla os seis candidatos a governador –Humberto Amaducci (PT), João Alfredo (Psol), Junior Mochi (MDB), Marcelo Bluma (PV), Odilon de Oliveira (PDT) e Reinaldo Azambuja (PSDB)– e seus respectivos vices, bem como 13 concorrentes ao Senado e os 39 suplentes.

Conforme o TRE, o senador Pedro Chaves (PRB), que nesta quarta anunciou desistir de disputar a reeleição por ver quebra de acordo político com o PDT de Odilon –que, segundo ele, havia se comprometido a apoiar apenas seu nome na disputa pelo Senado–, ainda não retirou sua candidatura ou teve o nome substituído.

Há pouco, também registrou sua candidatura o farmacêutico Thiago Freitas, que disputará o Senado pelo PPL –último nome dos aprovados em convenções a se inscrever. Ex-subsecretário de Estado da Juventude, ele concorrerá por um partido que não apoiará candidatos ao governo e, ainda, não lançará pleiteantes à Assembleia –a ideia é disputar vaga na Câmara dos Deputados e abrir palanque no Estado para o presidenciável João Goulart Filho. Sem dinheiro e tempo de TV, Freitas aposta em uma campanha baseada nas redes sociais. “O fato de ser jovem tem me favorecido e as pessoas querem renovação”, afirmou.

Ao todo, a disputa pela Câmara dos Deputados recebeu até aqui 119 pedidos de inscrição, enquanto os partidos encaminharam 344 nomes para concorrerem à Assembleia Legislativa. A campanha eleitoral terá início nesta quinta-feira (16).