ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 26º

Política

Depois de convenções, 81 políticos já registraram candidaturas no Estado

Até o momento já foram registrados dois candidatos ao governo e cinco ao Senado

Leonardo Rocha | 11/08/2018 10:43
Candidatos estão fazendo registros no TRE-MS (Foto: Arquivo)
Candidatos estão fazendo registros no TRE-MS (Foto: Arquivo)

Depois do fechamento das convenções, 81 políticos já registraram candidatura em Mato Grosso do Sul, para disputar a eleição deste ano. Dez partidos confirmaram nomes para os cargos de deputado estadual, federal, governo estadual e Senado, além dos suplentes e candidatos a vice.

Para disputa do governo estadual, o primeiro foi Odilon de Oliveira (PDT), junto com seu vice, o bispo Marco Antônio Camargo (PRB), seguido por Reinaldo Azambuja (PSDB), em chapa chapa com Murilo Zauith (DEM). Ainda faltam quatro postulantes ao cargo, que ainda não enviaram o registro à Justiça Eleitoral: Humberto Amaducci (PT), Simone Tebet (MDB), Marcelo Bluma (PV) e João Alfredo (PSOL).

Na busca pelas vagas ao Senado, já tiveram cinco registros no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul): Pedro Chaves (PRB) e Humberto Figueiró (Podemos) da chapa de Odilon; Nelsinho Trad (PTB) e Marcelo Miglioli (PSDB) da coligação de Azambuja, além de Dorival Betini (PMB). Todos com seus respectivos suplentes.

Também foram apresentados os nomes para deputado estadual (41) e para disputa federal (21) dos partidos Podemos, PRB, PDT, PSB, PSD, PMB, PSDB, DEM, PTB e Novo. As demais legendas que ainda não enviaram a documentação, tem até o dia 15 de agosto, para realizar o procedimento. Depois a Justiça Eleitoral vai avaliar se estes nomes estão aptos para disputa.

Após o registro de candidaturas, começa oficialmente a campanha eleitoral, que neste ano terá a duração de 45 dias. Já as propagandas no rádio e televisão serão permitidas a partir de 31 de agosto, seguindo até 04 de outubro, três dias antes do pleito, marcado para 7 do mesmo mês.

Nos siga no Google Notícias