A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/04/2013 16:58

No Tribunal de Contas, Bernal abraça Cícero e Alex admite “excesso”

Zemil Rocha e Helton Verão
Bernal abrançando o presidente do TCE, Cícero de Souza (Foto: João Garrigó)Bernal abrançando o presidente do TCE, Cícero de Souza (Foto: João Garrigó)

Numa reunião que durou cerca de meia hora nesta tarde e terminou com abraços do prefeito Alcides Bernal (PT) e seu líder, Marcos Alex Azevedo de Melo, o Alex do PT, o clima tenso foi substituído por um visível esforço de transparecer harmonia entre os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e os visitantes. Até mesmo Alex do PT, que vinha resistindo à pressão para se retratar na Câmara de Campo Grande, acabou admitindo que pecou pelo “excesso”.

Logo na saída da sala do presidente do TCE, Bernal definiu a visita como “muito boa” e já tascou um abraço em Cícero de Souza, ex-deputado estadual que hoje chefia a Corte de Contas. Alex do PT também buscou aproximar-se do dirigente Cícero, sorrindo e também abraçando-o.

Bernal declarou aos jornalistas que se tratou de uma “visita de cortesia ao Tribunal”. O encontro teria ainda servido “para tirar qualquer dúvida” sobre pronunciamentos atribuídos a ele ou a seu líder, Alex do PT. “A relação do Tribunal de Contas com a prefeitura é institucional”, acentuou Bernal, asseverando que sua expectativa é o fortalecimento da relação entre os dois órgãos públicos. “Espero que o interesse público e transparência prevaleçam”, afirmou ele. “A reunião serviu para provar que nós somos transparentes”, destacou.

Alex garantiu que a reunião foi tranquila, num clima amistoso. “Não teve discórdia na reunião. Serviu para esclarecer o excesso”, revelou o líder do prefeito na Câmara da Capital. Explicou que seu pronunciamento sobre o “Triangulo das Bermudas”, em que afirmou haver uma ação da Câmara de Campo Grande, do Tribunal de Contas do Estado e do Ministério Público visando o “impeachment” do prefeito Alcides Bernal, foi “uma fala política”. Revelou ainda que pediu para ser desconsiderada qualquer ofensa involuntária. “Pedi na reunião que o excesso fosse excluído”, disse o vereador petista.

Bernal cumprimenta Waldir, que investiga contratos da prefeitura (Foto: João Carrigó)Bernal cumprimenta Waldir, que investiga contratos da prefeitura (Foto: João Carrigó)

Cauteloso, o presidente do Tribunal de Contas, Cícero de Souza, que anunciou na semana passada que iria processar Alex do PT, por considerar que a Corte foi caluniada, avisou à imprensa que só responderia a uma pergunta. Indagado sobre o resultado da reunião, ele respondeu: “Foi uma visita institucional para resolver um pequeno imbróglio, para que possamos dar prosseguimento a essa nossa pretensão de ter harmonia entre os poderes”.

Cícero não admitiu um segundo questionamento. Instado a dizer se iria ou não desistir de processar Alex do PT, preferiu afastar-se dos jornalistas. “Já disse que ia responder só uma pergunta”, afirmou, virando as costas.

Quem saiu da reunião mais animado a falar com a imprensa foi Alex do PT. Enfatizou até que na Câmara de Campo Grande o clima de ofensas está sendo superado. Elogiou o discurso de ontem do presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB), para que se buscasse o fim das crises e se trabalhasse pelo desenvolvimento de Campo Grande.

Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


O Paulo Botelho escreveu o que avaliou esses meses e falou a Real, Bernal fez todo mundo se mecher e dizer que está vivo, chorando, reclamando por falta de leite ou manteiga, mas a população acabou conhecendo alguns políticos eleito a anos e nunca apareceram. Talvez a Capital vivia na mais santidade possível e os anjos não tinham trabalho. Nós precisamos observar mais e falar menos.
 
luiz alves em 25/04/2013 07:24:40
Eu acredito no "Triângulo das Bermudas". Não votei no Bernal. Mas to começando a ficar fã dele. Só está havendo essa 'movimentação' toda de vereadores e demais autoridades, porque alguém aí está ficando de mão vazia.....
Por que será que antes todos ficavam caladinhos? Ora, os vereadores são praticamente os mesmos. Os que hoje vêem problemas e mais problemas na capital, antes eram totalmente cegos.
Tem mosca nessa sopa!!!
Vai em frente Bernal. Use esse dinheiro em prol da cidade.
 
Paulo Botelho Pinto em 24/04/2013 22:16:00
Em outras palavras é o seguinte: a tal visita serviu para mostrar que Bernal se prostrou ao TCE. Nos meios políticos isto soa muito importante, uma visita do Prefeito de Campo Grande, seja ele quem for, ao presidente do TCE, seja ele também quem for.
A tal harmonia entre os poderes, quer dizer mais ou menos que, mesmo que Bernal, cometa lá seus deslizes na condução da Prefeitura, sendo ele "chegado" do presidente do TCE, não tem problema nenhum.
No final do ano Bernal manda uma bela Cesta de Natal para Cicero de Souza, e está tudo as mil maravilhas.
 
Reinaldo Sandim em 24/04/2013 19:29:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions