A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

07/02/2009 12:50

Nome para 2010 será discutido em novembro, diz Amarildo

Redação

O presidente do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores, deputado estadual Amarildo Cruz, disse que o nome de quem será candidato ao governo de Mato Grosso do Sul só vai ser discutido em novembro, depois das eleições internas dos diretórios. Na manhã de hoje, os 45 membros do Diretório Estadual do PT se encontraram em reunião ordinária.

"Nossa reunião foi muito boa, porque ficou claro que o PT vai ter candidato em 2010. A partir de agora, começam as discussões internas e com os partidos para a colocação de nomes", resumiu Amarildo.

Os dois grandes expoentes do partido no Estado, o ex-governador Zeca do PT e o senador Delcídio do Amaral, não estavam presentes, isso porque eles não fazem parte do Diretório Estadual.

Segundo Amarildo, a maior disputa deve ficar em torno do nome de quem será candidato a governador. "O senador Delcídio já disse que quer concorrer a mais um mandato no Senado. E o ex-governador Zeca manifestou o desejo de ser candidato ao governo. Mas ainda temos nomes que estão dispostos a disputar esta vaga, como o do ex-prefeito de Dourados, Laerte Tetila, e deputado estadual Pedro Kemp", revelou.

Outros temas - Durante a reunião, também foi confirmado apoio a candidatura do vereador de Campo Grande, Cabo Almi, à presidência da Associação das Câmaras de Mato Grosso do Sul. E ainda o direcionamento de oposição ao governo dentro da Assembléia Legislativa.

O deputado estadual Pedro Teruel, líder da bancada petista na Assembléia, disse que recebeu total apoio dos demais integrantes do Diretório para continuar fazendo oposição. "Vamos manter nossa posição, questionar e debater tudo aquilo que não for de interesse do Estado e dos servidores", pontuou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions