A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/12/2011 12:52

Novas unidades móveis serão utilizadas para ocupações no Estado

Wendell Reis
Governador entregou unidades móveis para Aquidauana e Três Lagoas.Governador entregou unidades móveis para Aquidauana e Três Lagoas.

Durante cerimônia de entrega de duas bases móveis de segurança e quatro motocicletas para Aquidauana e Três Lagoas, na manhã desta terça-feira (27), o governador André Puccinelli (PMDB) anunciou que já tem R$ 1,8 milhão para compra de quatro bases móveis de segurança e 40 motocicletas para os municípios de Campo Grande, Corumbá, Nova Andradina e Amambai.

As unidades para o interior vão possibilitar que sejam feitas operações como as realizadas no bairro Tiradentes e NhaNhá, em Campo Grande. Puccinelli lembrou que quando iniciou a administração pediu para que a secretaria de Segurança Pública fosse profissionalizada e conseguiu que a equipe montada viesse ao encontro do que o Governo pleiteava, o que resultou na redução da criminalidade. O governador garantiu ainda que deve conseguir unidades móveis para pelo menos 16 grandes municípios do Estado.

O Comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, ressaltou que a aproximação entre a comunidade e a Polícia, garantida com as unidades móveis, é fundamental para o trabalho na segurança pública e prioridade no Governo do Estado. O comandante detalha que toda ocupação é feita por meio de levantamentos estatísticos.

Segundo Davi, as quatro novas unidades precisam passar pelo processo de licitação, que deve ser iniciado em 2012, com previsão de que termine em dois meses. Ele ressalta que as bases móveis são bastante importantes, pois servem para dar apoio e para que os policiais que estão em operação possam descansar. “Já temos ações no interior, mas esta estrutura contribui para ações permanentes. É o primeiro passo para fazer operações de ocupação no interior como da NhaNhá e Tiradentes”.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, também falou da importância de aproximar a polícia da comunidade, tornando-a amigável e positiva. Para ele, esta aproximação faz a população conversar com o policial de maneira mais informal e vai ao encontro do interesse do cidadão, possibilitando a eficácia de todas as ações.

O secretário revelou que desde 2007 já foram capacitadas 3.000 pessoas, sendo 1.500 policiais e 1.500 civis para atuarem na polícia comunitária. Jacini ressalta ainda que, diferente dos pelotões que ficam estáticos, as bases podem se locomover e provocam uma sensível redução da criminalidade.

A prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, acredita que a aproximação mostra uma polícia diferente, saindo da classificação de repressora e sendo vista como de paz e valorização da cidadania. A prefeita lembrou que a cidade, com 103 mil habitantes, é a que mais cresce no Estado e precisa levar segurança para a população. As Bases Comunitárias Móveis são viaturas do modelo furgão, equipadas com mesas, cadeiras, ar condicionado, notebook, data show, iluminação e toldo de proteção.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions