A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

15/08/2012 18:59

OAB/MS já recebeu 40 denúncias contra candidatos nas eleições

Nicholas Vasconcelos

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul) já recebeu 40 denúncias contra candidaturas por meio do movimento “Eleições Limpas”, desde o lançamento no dia 31 de maio.

As denúncias são recebidas e encaminhadas aos órgãos competentes como TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) e Ministério Público para que tomem providências cabíveis. O sigilo de informações dos denunciantes.

De acordo com a Ordem, em Iguatemi, a 466 quilômetros da Capital, um candidato a prefeito teria pagado ônibus para eleitores de assentamento participarem de comício, o que é proibido por lei.

Em Douradina, a 196 quilômetros de Campo Grande, um candidato estaria ameaçando moradores contemplados pelo programa "Minha Casa, Minha Vida". Segundo a denúncia, o candidato a reeleição estaria obrigando os beneficiários a pintar os muros das casas com os dados de sua candidatura, supostamente sob pena de perderem o imóvel.

Ainda de acordo com a denúncia, os beneficiários que são funcionários públicos municipais estariam sendo ameaçados de serem transferidos ou exonerados, caso façam propaganda de outros candidatos, ou mesmo se recusarem a pintar os muros de sua residência com a sigla do partido.

Em Juti, distante 320 quilômetros da Capital, um candidato foi denunciado por que uma equipe de servidores públicos teria realizado filmagem para campanha de candidata à prefeitura, com o uso de maquinário da administração municipal. A equipe teria captado imagens do Hospital Municipal Santa Luzia, supostamente utilizando uma filmadora do patrimônio público do município.

A denúncia recebida pela OAB/MS informa ainda que uma carreata foi realizada pela Prefeitura, onde candidata teria promovido sua imagem com a chegada de um caminhão e saindo em desfile aberto na avenida principal do município.

Segundo a Ordem, a denúncia de número 40 do Movimento "Eleições Limpas" se refere à cidade de Coxim, Norte do Estado, onde um candidato estaria realizando propaganda eleitoral proibida, com a fixação de outdoor em local supostamente irregular, e aparelhagem sonora com volume extremamente alto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions