A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/08/2015 10:37

Oposição vai pedir votação em bloco para não enfraquecer Processante

Edivaldo Bitencourt e Antonio Marques
Vereadores discutem criação de comissão que pode cassar mandato de Olarte (Foto: Fernando Antunes)Vereadores discutem criação de comissão que pode cassar mandato de Olarte (Foto: Fernando Antunes)

Os vereadores da oposição vão pedir que a Câmara Municipal faça uma única votação para criar a Comissão Processante contra o prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP). O objetivo é evitar que o eventual julgamento do progressista perca força se houver mudança no processo judicial.

Há pouco, o primeiro secretário da Câmara, Delei Pinheiro (PSD), começou a ler o pedido para criar a Comissão Processante. A base aliada já dá como certa a aprovação de um dos cincos pedidos.

Segundo Luiza Ribeiro (PPS), que cedeu a vaga para o suplente Aldo Donizete (PPS), a oposição é contra a votação de cinco itens. Os vereadores vão pedir a votação em bloco, o que obrigaria a Comissão Processante a investigar Olarte em todos os itens apontados.

Para a vereadora, só um item pode enfraquecer a denúncia contra Olarte. A Comissão Processante deve ser criada para cassar o mandato do prefeito com base na denúncia do Gaeco, que foi aceita ontem pela Justiça. Olarte é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A votação conta com os 29 vereadores, incluindo-se os três suplentes: Élbio Santos e Roberto Durães, do PT, e Donizete.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions