A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

19/06/2017 12:48

Pacote de R$ 500 milhões até 2018 vai ajudar as 79 cidades, diz governador

Governo autorizou início de obras em 29 municípios nesta segunda-feira

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).
(Foto: Marcos Ermínio).Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Marcos Ermínio).

Pacote de R$ 500 milhões entre emendas parlamentares e recursos do governo de Mato Grosso do Sul vai ajudar os 79 municípios, ainda mais em momento de crise, disse o chefe do Executivo, Reinaldo Azambuja (PSDB). Nesta segunda-feira (19), foram autorizadas obras de infraestrutura e drenagem no valor de R$ 29 milhões em 24 cidades.

Nesta primeira etapa, receberão obras os municípios de Água Clara, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Caarapó, Campo Grande, Chapadão do Sul, Coxim, Deodápolis, Dourados, Fátima do Sul, Itaporã, Ivinhema, Jardim, Laguna Carapã, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Sete Quedas, Sidrolândia e Sonora.

Mas, a intenção do governo é investir os demais recursos nas 79 cidades. Nos próximos dias haverá nova liberação de verbas fruto de emendas de 2016 e 2017.  O governador não deu prazos para término das obras, nem se de fato já começam hoje.

Da esquerda para direita, Zeca do PT, Geraldo Resende (PSDB), Carlos Marun (PMDB), Junior Mochi (PMDB) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Marcos Ermínio).Da esquerda para direita, Zeca do PT, Geraldo Resende (PSDB), Carlos Marun (PMDB), Junior Mochi (PMDB) e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). (Foto: Marcos Ermínio).

Secretário de Obras do governo, Marcelo Miglioli, todas as obras têm projeto executivo de forma a deixar o empreendimento “completo” para que seja feita agora, mas não refeita nos próximos anos. O titular garante ainda a conclusão de obras inacabadas, das quais 208 de 214 já teriam sido feitas.

Ainda a construção de 100 pontes de concreto, das quais 90 estão garantidas e reestruturação de rodovias no valor de R$ 180 milhões.

Prefeito de Coxim, a 260 km de Campo Grande, Aloísio São José, disse que os recursos representam ajuda aos municípios durante o momento de crise. Ajuda, acrescenta, os gestores principalmente em obras de infraestrutura das quais as cidades não têm condição de investir.

Reinaldo voltou a dizer que a cada R$ 1 que a bancada federal, o governo desembolsará R$ 1 também. Indicaram as emendas autorizadas hoje os deputados Tereza Cristina (PSB), José Orcírio Miranda dos Santos, Zeca do PT, Vander Loubet (PT), Carlos Marun (PMDB), Elizeu Dionísio (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Luis Henrique Mandetta (DEM) e os ex-deputados Fabio Trad e Antônio Carlos Biffi.

Confira, abaixo, trecho da fala do governador sobre as emendas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions