ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 24º

Política

Paulo Duarte diz que vai honrar os 16.663 votos que recebeu em novo mandato

Cerimônia de posse deve ocorrer nos próximos dias, após Assembleia Legislativa ser notificada pelo TRE-MS

Por Gabriela Couto | 06/02/2024 20:19
Paulo Duarte na tribuna da Assembleia Legislativa, defendendo pauta sobre as mulheres (Foto: Arquivo/Alems)
Paulo Duarte na tribuna da Assembleia Legislativa, defendendo pauta sobre as mulheres (Foto: Arquivo/Alems)

Paulo Duarte (PSB) deve tomar posse nos próximos dias da cadeira de Rafael Tavares (PRTB), na Assembleia Legislativa.

 A mudança irá ocorrer após o rito do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) expedir um novo ofício ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) pedindo a recontagem dos votos da última eleição, após a cassação de Tavares nesta terça-feira (6).

Em entrevista exclusiva ao Campo Grande News, Paulo enfatizou a importância do respeito à legislação eleitoral para a cota de gênero.

“É uma questão nacional. Vários deputados, vereadores foram cassados por questão de fraude à cota de gênero. Isso muda daqui para frente o processo eleitoral e a participação das mulheres na política”, ponderou.

Ele, que não foi autor da denúncia que acabou resultando na recontagem dos votos, disse que vai honrar o apoio de cada um dos eleitores que acreditam no seu trabalho para este quarto mandato.

“Quero agradecer aos 16.663 votos que tive. Me colocando entre os 24 candidatos mais bem colocados. Assim que eu assumir, prometo honrar todos que votaram em mim. Eu não esperava essa situação, tanto que nem entrei com a ação. Acredito que nada na vida é por acaso. Algum sentido tem”, ressaltou Duarte.

Trajetória - Paulo Roberto Duarte é graduado em Economia e pós-graduado em Gestão Pública.

Ingressou no serviço público em 1985 como agente tributário estadual e tempos depois foi aprovado em concurso público para fiscal de renda do Estado.

Iniciou na vida pública em 1999 no posto de superintendente de Fiscalização Tributária e em seguida ocupou os cargos de secretário de Fazenda, chefe da Casa Civil e secretário de Habitação e Infraestrutura do governo.

Em 2006, foi eleito deputado estadual pela primeira vez. Em 2010, foi reeleito para o cargo na Assembleia Legislativa. Em 2012, foi eleito prefeito de Corumbá, cidade onde nasceu.

Em 2018, obteve 17.343 votos, se tornando primeiro suplente do MDB e tomou posse da cadeira do deputado licenciado Eduardo Rocha (MDB), em dezembro de 2021, quando o titular assumiu o cargo de secretário de Governo e Gestão Estratégica. Atualmente, é o presidente estadual do PSB.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias