A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

12/09/2018 09:33

Pelo menos 10 policiais federais fazem buscas na Governadoria

Ação investiga esquema de pagamento de propina envolvendo autoridades do Executivo, Legislativo e o TCE

Mayara Bueno e Izabela Sanchez
Membro da PF deixa Governadoria com um malote de documentos. (Foto: Izabela Sanchez).Membro da PF deixa Governadoria com um malote de documentos. (Foto: Izabela Sanchez).

A PF (Polícia Federal) está na governadoria de Mato Grosso do Sul, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. Nesta quarta-feira (dia 12), equipes policiais desencadearam a Operação Vostok, que investiga esquema de pagamento de propina envolvendo autoridades do Executivo, Legislativo e o TCE (Tribunal de Contas do Estado). A estimativa é de prejuízo de R$ 209 milhões aos cofres públicos.

Até o momento, dois carros já deixaram a sede do governo com policiais, que carregavam uma mala e uma mochila, provavelmente com documentos. A reportagem apurou que há, ainda dentro do gabinete, um especialista em mídia que coleta arquivos. São pelo menos 10 agentes federais no local.

Enquanto isso, servidores do Estado seguem rotina de trabalho, já que a operação é exclusiva na sala do governador. Não há informação se o chefe do Executivo estadual está na Governadoria neste momento.

Mais cedo, a mesma equipe esteve na residência do governador, localizada no Jardim dos Estados, em Campo Grande. Da mesma forma, os homens saíram com malotes e malas, mas não detalharam nada mais à imprensa.

A PF também está na Assembleia Legislativa de MS, onde o grupo da polícia vasculha o gabinete do deputado Zé Teixeira (DEM), que foi preso nesta manhã.

Como o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) tem foro privilegiado devido ao cargo, o inquérito tramita no STJ (Superior Tribunal de Justiça). A operação, que cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do governador, foi autorizada pelo ministro Félix Fischer.

Reinaldo não estava em casa, porque havia passado a noite em Naviraí devido a compromisso de campanha. Ele é candidato à reeleição.

Abaixo, vídeo mostra chegada de agentes na sede do governo. Confira:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions