A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

26/09/2018 11:55

Pesquisa aponta Bolsonaro com 31,2% e Haddad tem 20,2% das intenções

Levantamento ouviu 2.020 eleitores nos 26 estados brasileiros e o Distrito Federal

Mayara Bueno
Gráfico aponta percentuais que cada candidato receberia se a eleição fosse hoje. (Arte: Ricardo Oliveira).Gráfico aponta percentuais que cada candidato receberia se a eleição fosse hoje. (Arte: Ricardo Oliveira).

Levantamento promovido pelo instituto Pesquisas Paraná, divulgado nesta quarta-feira (dia 26), aponta o candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), com 31,2% das intenções de voto e o petista Fernando Haddad com 20,2%, em segundo lugar.

A pesquisa foi encomendada pelo Empiricus Research e foram ouvidos 2.020 eleitores em 168 cidades dos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal, entre 23 e 25 de setembro.

Na terceira posição, está o candidato do PDT, Ciro Gomes, com 10,1% das intenções. Geraldo Alckmin, do PSDB, tem 7,6%, e Marina Silva, 4,3%. João Amoêdo (Novo), 3,8%; Álvaro Dias (Novo), 1,9%; Henrique Meirelles (MDB), 1,3%; Guilherme Boulos (PSOL), 0,4%; Cabo Daciolo (Patriota) e Vera (PSTU), ambos com 0,3% cada; Eymael (DC) e João Goulart Filho (PPL), com 0,1% cada um.

A pesquisa usou método estimulado, no qual são apresentados opções para o eleitor escolher. Os que não sabem representam 6,3% e 11,9% dizem que não vão votar em nenhum dos nomes.

A pesquisa também quis saber quais candidatos o eleitor acredita que vão para o segundo turno, independentemente de quem vai votar. 67,8% do eleitorado acha que Bolsonaro vai para a segunda etapa e 43,6% afirma que Haddad também vai.

O candidato do PSL lidera com 49,2% quando a pergunta é sobre quem o eleitor acha que vai ser o próximo presidente do País, independente de quem vai votar. Haddad tem 18,8%; Ciro Gomes 6,8% e Alckmin, 5,1%.

Rejeição e 2º turno – A consulta perguntou, ainda, a percepção que o eleitor tem dos postulantes. Sobre Geraldo Alckmin, 59,3% disseram que não votariam nele de jeito nenhum; Fernando Haddad tem 57,6% de rejeição; Ciro Gomes, 51,9% e 51,8% disseram que não votariam de forma alguma em Jair Bolsonaro.

No caso destes candidatos, os níveis de rejeição reduziram se comparados com os percentuais da pesquisa divulgada anteriormente pelo mesmo instituto.

Em cenário de provável segundo turno entre Bolsonaro e Haddad, 44,3% votam no primeiro candidato e 39,4% no petista. Se for Ciro e Bolsonaro, o primeiro vence a eleição por 43,2% contra 41,6%.

Alckmin e Bolsonaro tem, respectivamente, 38,2% e 42,1%. Se Haddad disputar com o tucano, o petista teria 36,3% contra 35,8%.

Em disputa entre Ciro Gomes e Fernando Haddad, este último perde para o pedetista com 32,4% contra 38,2%.

A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03512/2018, de acordo com o instituto que promoveu a pesquisa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions