A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/05/2012 16:52

Piloto assume superintendência da Pesca em MS e promete levantamento

Fabiano Arruda
Luiz David Figueiró confessou não ser técnico da área, mas garantiu que pretende melhorar a condição dos pescadores profissionais em MS. (Foto: Fabiano Arruda)Luiz David Figueiró confessou não ser técnico da área, mas garantiu que pretende melhorar a condição dos pescadores profissionais em MS. (Foto: Fabiano Arruda)

O novo superintendente da Pesca em Mato Grosso do Sul, Luiz David Figueiró (PRB), tomou posse nesta quarta-feira na sede do órgão ligado ao Ministério da Pesca e Aquicultura em Campo Grande e prometeu se inteirar dos atuais projetos da pasta.

Piloto civil a serviço do Governo do Estado desde 1978, ele foi empossado pelo ministro da Pesca, senador Marcelo Crivella (PRB), por meio de videoconferência, de Brasília (DF).

Indicação política do partido, Figueiró admitiu que não ser técnico da área, a exemplo de Crivella, que cravou logo ao assumir o ministério não saber nem "colocar minhoca no anzol". No entanto, garantiu que está apto a desempenhar um bom trabalho à frente da superintendência.

Num Estado que tem grande parte da atividade econômica concentrada no binômio boi-soja, o novo titular da pasta no Estado adiantou que pretende melhorar a condição dos pescadores profissionais.

O engenheiro da superintendência, Adilson dos Santos, adiantou que Figueiró encontrará o que o setor tem de maior dificuldade em MS até agora: a obtenção de licenças ambientais para os principais projetos da área.

Entre eles estão três parques aquáticos, que podem mais que duplicar a capacidade de produção de pescado sul-mato-grossense, localizados em Jupiá, Porto Primavera e Ilha Solteira, produção dividida com São Paulo.

Só o projeto de Ilha Solteira pode elevar para 30 mil toneladas de pescado por ano em Mato Grosso do Sul, mas a licença ainda está em fase inicial. Os outros dois parques ainda estão em fase de estudo.

Politicamente, o PRB, partido que conta com apenas oito vereadores em Mato Grosso do Sul, ganha com a nomeação de Figueiró. É o que destaca o presidente do partido em MS, Reinaldo Ferreira.

“A militância conseguiu articular a indicação com o ministro Crivella e ele (Luiz David) tem muito a conquistar”, comentou.

O novo titular da Pesca no Estado deve realizar, nos próximos dias, agendas com o governador André Puccinelli (PMDB) e fazer visitas como à Assembleia Legislativa, Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e Embrapa.

Biografia - Luiz David Figueiró é formado em Direito. Iniciou a carreira de Piloto Civil em 1975. Desde 1978 exerce a função de Comandante de Aeronave no Governo de Mato Grosso do Sul, na Governadoria.

Faz parte da Banca de Advogados LGA (Advogados Associados nas áreas do Direito Civil e Aeronáutico) desde 1996. Prestou Consultoria Jurídica a empresas de Táxi Aéreo para adequação do novo sistema de homologação aeronáutica- CHETA, entre 2001 e 2002.

Integrou equipe técnica da Secretaria Especial de Transportes entre 2000 e 2002. Foi assessor do Ministério dos Transportes entre 2003 e 2004.



E pra ser pastor da IURD, precisa ser o que?
 
Leandro Junqueira em 30/05/2012 11:40:31
INTELIGÊNCIA DA IGREJA UNIVERSAL, DÁDIVA DE DEUS, DEVAGAR, ESTÁ INTRODUZINDO ATRAVÉS DO QUE FALTAVA PARA ELA, UM PARTIDO POLÍTICO, POIS SÓ INGRESSA NA DIREÇÃO DESTE PAÍS, QUEM TIVER UM PARTIDO FORTE, E HOJE, O PRB, NÃO ESTÁ MAIS FORTE, PORQUE A NORMA DA IURD, É MILITAR, ÓDEM, MORAL E CÍVICA, LÁ O PRESIDENTE É O MACEDO, E A HIERARQUIA É JUSTÍSSIMA, PARABENS IURD, QUE AS OUTRAS SE REGULARIZEM, ÊXITO
 
pedro braga em 30/05/2012 06:37:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions