ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 28º

Política

PMDB bate o martelo e Nelsinho é o pré-candidato a governador em 2014

Por Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha | 30/08/2013 10:37
Nelsinho teve o apoio de líderes do partido em reunião da cúpula hoje (Foto: Simão Nogueira)
Nelsinho teve o apoio de líderes do partido em reunião da cúpula hoje (Foto: Simão Nogueira)

As lideranças do PMDB aprovaram, em reunião na manhã de hoje (30), a pré-candidatura do ex-prefeito de Campo Grande e secretário estadual de Articulação com os Municípios, Nelson Trad Filho, ao Governo do Estado em 2014. Ele será o nome do partido para disputar a sucessão do governador André Puccinelli (PMDB).

Segundo o secretário estadual de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, a maioria dos líderes já votaram pela indicação de Nelsinho para disputar o Governo. Todos destacaram o trabalho realizado nos dois mandatos como prefeito de Campo Grande.

“Fez uma ótima gestão na prefeitura e é nossa principal liderança”, defendeu Marun, ao deixar a reunião da cúpula do partido. Ele contou que todos já votaram e aprovaram a pré-candidatura do ex-prefeito.

“A maioria já escolheu o Nelsinho e o PMDB vai aprovar a sua indicação”, afirmou Marun. Além dele, o encontro conta com os vereadores de Campo Grande, Mário César Fonseca Oliveira, Edil Albuquerque, Vanderlei Cabeludo e Carla Stephanini, os deputados estaduais Júnior Mochi (presidente regional da sigla) e Eduardo Rocha (líder na Assembleia), o deptuado federal Geraldo Resende, o senador Waldemir Moka e a vice-governadora Simone Tebet.

A reunião tem o objetivo de definir o futuro do partido na sucessão estadual. Com o aval de hoje, Trad inicia as discussões para formar alianças e enfrentar o pré-candidato do PT, o senador Delcídio do Amaral.

O PMDB também trabalha com a hipótese de uma terceira candidatura forte, a do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB).

Nos siga no Google Notícias