A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/07/2016 14:03

PMDB cogita lançar chapa pura de vereadores sem candidato e aliança

Partido segue indefinido e deve anunciar decisão sobre rumos na eleição deste ano na próxima semana

Michel Faustino e Leonardo Rocha
O deputado estadual Junior Mochi, presidente estadual do PMDB. (Foto: Victor Chileno/ALMS)O deputado estadual Junior Mochi, presidente estadual do PMDB. (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Há uma semana do início das convenções partidárias, o PMDB corre contra o tempo para definir os rumos nas eleições deste ano. Indefinido sobre eventual candidatura para a disputa na Capital, o partido cogita até ficar sozinho e lançar chapa pura de vereadores, pela primeira vez na história. Atualmente a bancada do partido na Câmara conta com quatro vereadores.

Segundo o deputado estadual Junior Mochi, presidente estadual da sigla, o partido ainda aposta em uma candidatura própria para a sucessão de Alcides Bernal (PP), mesmo com a negativa do ex-governador André Puccinelli anunciada no início da semana. Conforme Mochi, três nomes estão sendo cotados e a definição deve sair na próxima segunda-feira, dia 18.

O deputado lembra que, caso não haja um consenso, o PMDB deve estudar a possibilidade de se aliar com outros partidos, ou até mesmo decidir ficar sozinho e lançar chapa pura de vereadores, sem apoiar nenhum candidato a prefeito, a exemplo do que deve ocorrer este ano em Três Lagoas.

De acordo com o deputado, a alternativa só deve ser concretizada em último caso, haja vista que as conversações com partidos como o PSDB, que tem a vice-governadora Rose Modesto como pré-candidata, o PTB do ex-prefeito Nelson Trad Filho e até mesmo do PSD de Marcos Trad, estão avançadas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions