A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/12/2010 17:23

PMDB decide hoje entre candidatura própria ou aliança com Murilo

Aline dos Santos

O PMDB de Dourados faz reunião na tarde desta quinta-feira para decidir seu futuro na eleição extemporânea, marcada para 6 de fevereiro. O encontro peemedebista será na Câmara de Vereadores, a partir das 17h30.

De acordo com o presidente do PMDB em Dourados, Laudir Munaretto, os 45 membros do diretório vão decidir entre candidatura própria ou apoio ao candidato do DEM, Murilo Zauith.

Nesta semana, após visita do governador André Puccinelli (PMDB) a Dourados, foi divulgado que o partido se coligaria com o DEM. Munaretto questiona que a decisão não foi democrática. “Não podemos aceitar imposições”.

A reunião entre Puccinelli, a prefeita Délia Razuk (PMDB) e os deputados federais Geraldo Resende e Marçal Filho foi na última segunda-feira. Dois dia antes, Geraldo Resende anunciou que abandonava a disputa interna do PMDB, até então com cinco pré-candidatos à prefeitura.

Equívoco - Hoje, Puccinelli afirmou que houve equívoco. “Se quiserem ter candidato eu apóio, se quiserem coligar, eu apóio. Dourados tem autonomia. Quem está falando que o governador impôs, não sabe de que caminhão caiu”, alfinetou Puccinelli.

Blocão – Os aliados de Murilo Zauith, que compunham uma coligação com dez partidos, tiveram hoje o reforço do PDT.

De acordo com o Dourados News, os pedetistas declaram apoio ao projeto do DEM após reunião na manhã desta sexta-feira. O partido havia cogitado a possibilidade de lançar candidatura própria, mas confirmou a aliança com os democratas.

Murilo tem apoio de PR, PSDB, PSB, PSL, PV, PPS, PTB, PT do B e PMDB, além do próprio DEM.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions