A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/02/2010 16:29

PMDB reelege Temer presidente e fica mais próximo do PT

Redação

Depois da briga judicial na noite de ontem, o PMDB reconduziu, por aclamação, neste sábado, o deputado Michel Temer (SP) para mais um mandato na presidência do partido. A chapa de Temer havia sido a única inscrita na convenção nacional.

André Puccinelli esteve entre os governadores peemedebistas que manifestaram publicamente apoio à indicação de Temer, assim como Sérgio Cabral (RJ), José Maranhão (PB), Eduardo Braga (AM), Carlos Henrique Gaguim (TO) e Paulo Hartung (ES).

Com Temer reeleito, ganha força dentro do PMDB a tese de aliança do partido com o PT nas eleições presidenciais de outubro. Temer poderá ser candidato a vice-presidente na chapa encabeçada pela ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) ao Palácio do Planalto.

Na convenção nacional do partido, 570 delegados do PMDB elegeram o diretório nacional composto por 119 integrantes.

Durante a convenção, Temer foi aclamado em vários discursos dos peemedebistas como o futuro vice-presidente na chapa de Dilma. O evento contou com a presença do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (PMDB-GO), e dos ministros Geddel Vieira Lima (Integração Nacional), Hélio Costa (Comunicações) e Edison Lobão (Minas e Energia).

Na noite de ontem, um grupo do PMDB contrário à aliança nacional com o PT havia conseguido suspender na Justiça a convenção do partido marcada para este sábado. Mas a liminar do TJ (Tribunal de Justiça) do Distrito Federal foi derrubada pouco tempo depois pelo presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), ministro Cesar Asfor Rocha.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions