A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

03/05/2017 13:16

PMDB viabiliza até final do mês uma pesquisa para avaliar lideranças

Leonardo Rocha
Presidente estadual do PMDB, Junior Mochi, diz que pesquisa será feita até fim do mês (Foto: Victor Chileno/ALMS)Presidente estadual do PMDB, Junior Mochi, diz que pesquisa será feita até fim do mês (Foto: Victor Chileno/ALMS)

 A direção estadual do PMDB viabiliza uma pesquisa sobre o cenário eleitoral de 2018, até o final de maio, para avaliar a situação de suas principais lideranças, tanto aos cargos majoritários, como governo e Senado, assim como nas disputas para deputado estadual e federal.

"Iremos contratar o instituto de pesquisa até final de maio, para fazer esta avaliação, tanto na questão quantitativa, como qualitativa, até para montarmos nossa estratégia e planejamento", disse o presidente estadual do PMDB, o deputado Junior Mochi.

Ele ressaltou que a pesquisa se trata de uma decisão coletiva, da direção estadual, para avaliar o cenário eleitoral de 2018. A intenção do partido é antecipar o planejamento eleitoral, para chegar no ano que vem organizado para campanha. Algumas lideranças reclamam que a indefinição em 2016, prejudicou o partido na eleição da Capital.

Candidatura - Mochi admitiu que a maioria dos filiados defende uma candidatura própria do partido, para sucessão estadual em 2018. Ele ponderou que o principal nome continua sendo do ex-governador André Puccinelli, seguido pela senadora Simone Tebet. "Ou ele ou ela, o André já anunciou que até o dia 1° de julho vai decidir se será candidato".

Sobre uma eventual aliança com o PSDB, em apoio a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Mochi ponderou que primeiro se discute a candidatura própria, para depois pensar em outras opções. "Só pensaremo nisto, se a primeira opção for superada, então ainda é cedo".

O vice-presidente do PMDB, o deputado Eduardo Rocha, já declarou que caso André não seja candidato, a aliança com os tucanos seria a melhor opção, ele inclusive reconheceu que já houve uma início de conversa com os tucanos.

Já Puccinelli declarou nesta manhã (03), durante visita ao Camelódromo, que o PMDB precisa ter candidato próprio, não descartando a participação dele ou de Simone Tebet, na disputa estadual. "Pela minha vontade, não serei candidato, vou preferir continuar como vovôrista, mas essa decisão não está descartada".

PMDB-PSDB, mais afinidades do que diferenças
O PODER vicia. Encontrei na Assembleia Legislativa com o ex-prefeito de Paranaíba ‘José Braquiária’ (PDT). Pelas expressões usadas, ainda não se conf...
PMDB vai firme com Reinaldo, mais fiel até que tucanos
PMDB e PSDB – Não está nos planos do PMDB entrar em rota de colisão com o PSDB em Mato Grosso do Sul. Inclusive no que diz respeito às eleições 2018....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions