A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/10/2015 13:57

Por autonomia, mais dois deputados deixam bloco articulado pelo governo

Michel Faustino e Leonardo Rocha
Por meio de sua assessoria, o deputado Márcio Fernandes informou que deixou o bloco por mais independência. (Foto: Divulgação)Por meio de sua assessoria, o deputado Márcio Fernandes informou que deixou o bloco por mais independência. (Foto: Divulgação)

Os deputados Márcio Fernandes (PT do B) e Lídio Lopes (PEN) anunciaram nesta quarta-feira (07), na Assembleia Legislativa, a saída do bloco partidário. O grupo agregava dez deputados de partidos com menor bancada: PR, PDT, PTdoB, PSB, PEN e DEM. Com a saída dos dois deputados, o bloco passa a contar com sete, já que no fim do mês passado o deputado Zé Teixeira (DEM) também deixou de compor.

O deputado Mário Fernandes não foi encontrado durante sessão de hoje na assembleia, mas por meio de sua assessoria de imprensa, justificou que decidiu deixar o bloco por mais independência..

Já o deputado Lídio Lopes argumentou que fora do bloco ele terá mais tranquilidade para conduzir os trabalhos sem influência de um “colegiado”.

“ A presidência do bloco fazia reunião e a gente não tinha conhecimento do que era decidido. Agora vou trabalhar mais solto e poder me inteirar de todos os assuntos que estão sendo discutidos pela mesa diretora e pela presidência da casa”, disse.

O deputado Paulo Corrêa (PR), presidente do bloco, disse que os deputados não o procuraram para explicaram os motivos da saída, sendo comunicado da decisão na manhã de hoje.

Questionado se a saída estaria ligada a um descontentamento com o governo o deputado desconversou. “Não temos essa informação, acredito que não haja nenhum problema. Agora, o bloco continua ai com sete integrantes e vamos até o fim do ano com dois representantes em cada comissão e também nas CPI's. Ano que vem a coisa muda”, finalizou.

Com o bloco o governo teria três integrantes em cada comissão. Dois do bloco e um do PSDB, assim sendo a maioria. O secretário da Casa Civil Sérgio de Paula teria sido o responsável por articular a criação do bloco.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions