A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

25/06/2015 12:06

Por unanimidade, deputados aprovam projeto que reduz ICMS do diesel

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Deputados se reuniram para aprovar o projeto. (Foto: Victor Chileno/ALMS)Deputados se reuniram para aprovar o projeto. (Foto: Victor Chileno/ALMS)

Os deputados estaduais aprovaram, em 2ª votação e por unanimidade, o projeto que reduz de 17% para 12% a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel, em Mato Grosso do Sul. Agora, só falta a sansão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para que a lei passe a vigorar.

Na sessão de hoje, todos os 20 deputados presentes foram a favor da aprovação do projeto de lei. Ontem, eles aprovaram em primeira votação e aguardavam parecer da Comissão de Finanças, dado hoje. O projeto também já passou pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação).

A intensão do governo é que o projeto de lei entre em vigor no dia 1° de julho, com prazo final de 31 de dezembro. Nesse período, será analisado se as metas do serão atingidas, para então decidir se a vigência será prorrogada ou não. Para que o Estado não perca arrecadação, é preciso aumentar o consumo em 40%.

Atualmente o estado consome aproximadamente 100 milhões de litros de diesel. Esse montante tem que crescer 40% para que o governo não deixe de arrecadar entre R$ 4 milhões e R$ 7 milhões. A redução do ICMS deve baixar o preço do óleo diesel em R$ 0,15 em MS, onde a média atual é de R$ 3,089. Em São Paulo e Paraná a média é R$ 2,71 e em Minas Gerais R$ 2,81.

Ontem, os deputados também criaram uma comissão que durante os 6 meses em que a lei vigorar, vai acompanhar a cadeia produtiva do óleo diesel. Eles também querem aumentar a participação da Casa de Leis de dois, para cinco parlamentares. Para isso, vão entrar em um acordo entre os partidos para fazer as indicações.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions