A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

12/12/2012 09:11

PP expulsa Lídio Lopes e Paulo Matos por campanha contra Bernal

Fabiano Arruda
Divergências entre Lídio Lopes e Alcides Bernal eram antigas. (Foto: Divulgação)Divergências entre Lídio Lopes e Alcides Bernal eram antigas. (Foto: Divulgação)

O vereador de Campo Grande e deputado estadual a partir de 1º de janeiro, Lídio Lopes, bem como o diretor presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), Paulo Matos, foram expulsos do PP.

Por meio de nota, o partido informou nesta quarta-feira que o diretório municipal concluiu o processo de expulsão dos dois por infidelidade partidária. Eles são acusados de fazer campanha, neste ano, contra o prefeito eleito, Alcides Bernal (PP).

Outro expulso, pelo mesmo motivo, foi Pedro Antunes Braga, candidato a vereador na Capital.

Segundo informações da legenda, a decisão foi tomada porque ficou caracterizada violação ao Código de Ética nos casos.

As divergências de Lídio, que assume cadeira na Assembleia no lugar do prefeito eleito de Corumbá, Paulo Duarte (PT), por ser o primeiro suplente da coligação, e Matos com Bernal sempre foram públicas. Eles alegam serem excluídos do PP por interferência de Bernal.

Já o prefeito eleito de Campo Grande sempre afirmou que os dois nunca ajudaram a promover o partido.

Encontro – Diante do procedimento de expulsão, o diretório estadual realiza nesta quarta-feira encontro regional para filiação de novos membros e lideranças. A expectativa é atrair 150 filiados.

O evento tem como objetivo o fortalecimento do PP em todo o Estado de olho nas eleições de 2014.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions