A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/08/2009 11:51

Prefeito de Japorã diz que tem comprovante de gastos

Redação

O prefeito de Japorã, Rubens Freire Marinho (PT), o Rubão alegou inocência das acusações de causar prejuízo de R$ 950 mil aos cofres da prefeitura.

Ele teria utilizado verbas públicas para o fornecimento de autorização de abastecimento de veículos oficiais e não oficiais e também na distribuição de combustível sem controle.

Ele chegou a ser afastado do cargo em consequência da decisão do Juiz da Comarca de Mundo Novo, Alexandre Tsuyoshi Ito, após denuncia do MPE (Ministério Público Estadual). Entretanto, recorreu e aguardará o julgamento do mérito na prefeitura.

Rubão disse que tem em mãos todos os documentos que comprovam os gastos com combustíveis. Entretanto, alega que estas provas não foram requisitadas pelo MPE.

O prefeito afirmou que os gastos se deram porque, entre o período de 2007 e 2008, a cidade tinha convênio com o Ministério da Agricultura, para revitalização da Agricultura Familiar.

Somente com este fim, diz o prefeito, foram gastos cerca de R$ 520 mil durante o período. Mais R$ 130 mil teriam sido destinados a convênios com associações e assentamentos, também na área de preparação de solo para o plantio.

Rubão alega que está amparado por lei e que não há necessidade de licitação, como afirmou o MPE, já que a cidade só conta com um posto de combustíveis.

"Há 17 anos é assim, sem licitação, a lei ampara porque não tem concorrência", alegou.

O prefeito comparou gastos de sua gestão com anos anteriores. Afirmou que em 2004, foram gastos R$ 625 mil em combustíveis. Se o dinheiro fosse gasto em gasolina, poderiam ser comprados 284 mil litros. No caso do óleo diesel, seriam revertidos em 383 mil litros.

Já em 2007, sob sua gestão, foram gastos R$ 728 mil. Esta verba seria suficiente para comprar 258 mil litros de gasolina ou 346 mil litros de diesel.

"A diferença é que, além de eu ter gasto menos em litros, havia somente 18 veículos na frota da prefeitura em 2004. Hoje são 40 carros, além dos convênios", justifica.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions