A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/03/2013 12:26

Prefeito discute com vereadores mudança da Câmara no dia 15

Zemil Rocha e Aline dos Santos
Alex do PT sugere puxadinho se Câmara voltar ao antigo prédio (Foto: João Garrigó)Alex do PT sugere "puxadinho" se Câmara voltar ao antigo prédio (Foto: João Garrigó)

O prefeito Alcides Bernal revelou esta manhã, durante entrevista coletiva, que vai se reunir com os vereadores na próxima sexta-feira, dia 15, para discutir a possível mudança da sede da Câmara de Campo Grande. No mês passado, o Tribunal de Justiça do Estado deu prazo de seis meses para os vereadores deixem o prédio atualmente ocupado pela Câmara, no bairro Jatiúka Park.

A principal alternativa que vem sendo cogitada é a transferência da Câmara para a antiga rodoviária. “A população pede que vá para a antiga rodoviária, por causa da localização e para tirar local da degradação. Mas tem que avaliar a relação custo-benefício, ver se não ficará muito caro”, afirmou Alcides Bernal.

Para Bernal, as lojas que hoje estão fechadas na antiga rodoviária poderiam virar gabinetes de vereadores e o plenário da Câmara ocuparia um dos cinemas. Na antiga rodoviária funcionava dois cinemas, o Plaza, que exibia vários tipos de filmes, e o Center, mais dedicado a fitas pornográficas.

O prefeito disse que é preciso lembrar que a falta de solução sobre o prédio para a Câmara perdura há mais de sete anos. Garantiu, porém, que está disposto a resolver o problema. “Alguns populares chegam a chamar os vereadores de caloteiros. Quero resolver essa situação”, declarou Bernal, advertindo, porém, que o custo da mudança deverá correr por conta do duodécimo da Câmara.

Líder do prefeito na Câmara, o vereador Marcos Alex Azevedo de Melo, o Alex do PT, que estava junto com Bernal esta manhã, disse que a Câmara devolve todo ano dinheiro para a prefeitura e que essa verba poderia arcar com o gasto da mudança.

Outra opção, segundo Alex, com custo menor, é a Câmara reocupar os prédios que usava no Paço Municipal, o que levaria o Executivo a arrumar novos locais para abrigar as Secretaria de Administração e de Desenvolvimento Econômico e a Central de Compras.

Diante da observação de uma repórter de que o local é apertado para a Câmara atual, composta por 29 vereadores, Alex do PT respondeu com outra indagação: “Mas na Câmara atual não fizeram puxadinho?”. “Seria voltar às origens, o bom filho à casa torna”, afirmou ele.

 

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions