A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/11/2009 15:26

Prefeito diz que gravação o livrou de acusação de desvio

Redação

O prefeito de Miranda, Neder Vedovato (PSB), afirmou que a gravação de uma conversa o livrou da acusação de desvio de R$ 535 mil dos cofres públicos do município. Ele gravou a confissão do ex-chefe de Recursos Humanos, Rayfer Almeida Prado, e encaminhou o CD ao Ministério Público Estadual.

No CD, degravado pelo promotor de Justiça Nicolau Bacarji Júnior, Prado admite o desvio dos recursos por meio da implantação de servidores fantasmas ou mortos na folha de pagamento. Do total desviado, Prado ficou com R$ 261,4 mil, segundo o MPE.

"Fiquei surpreso (com a denúncia), estava totalmente alheio (ao esquema)", garantiu Vedovato. Ele disse que o ex-servidor lhe confessou tudo durante uma conversa, que acabou sendo gravada e acabou isentando o prefeito de participação no suposto esquema de desvio de recursos. "Se não tivesse gravado a conversa, seria complicado a situação", admitiu.

Em depoimento ao MPE, Prado tentou acusar o prefeito e dois secretários municipais de envolvimento no esquema. O promotor isentou o chefe do executivo e denunciou seis pessoas, que já se tornaram réus em dois processos na Justiça.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions