A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

01/10/2011 09:32

Prefeito diz que queda em repasse não vai afetar finanças da Capital

Edmir Conceição e Paula Maciulevicius

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) disse que a queda no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) não vai afetar as finanças de Campo Grande, porque o município já trabalha com margem de suplementação orçamentária.

Para cidades pequenas, no entanto, a queda no repasse tem impacto direto, segundo a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), que recomenda cortes e sejam evitados gastos e investimentos não essenciais. Campo Grande recebeu recebeu pelo FPM em agosto R$ 7 milhões e 835 mil e em setembro está recebendo um total R$ 6 milhões e 224 mil.

Segundo Nelsinho Trad, o orçamento do ano que vem, que estima a receita e fixa as despesas em R$ 2 bilhões 424 mil, tem margem de suplementação de 18,27%, ou seja, qualquer oscilação dentro desse percentual está dentro das previsões de arrecadação e de gastos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions