A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

21/11/2014 17:31

Prefeito nomeia secretário e adjunto pede para sair da Semadur

Ludyney Moura
Novo chefe da Semadur foi candidato a governador do Estado em 1998, pelo extinto do Prona, do folclórico Enéas Carneiro (Foto: Reprodução/Facebook)Novo chefe da Semadur foi candidato a governador do Estado em 1998, pelo extinto do Prona, do folclórico Enéas Carneiro (Foto: Reprodução/Facebook)

Junto com a nomeação de Heitor Pereira de Oliveira para a direção da Semadur (Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), o prefeito Gilmar Olarte (PP) também exonerou, a pedido, do cargo de secretário-adjunto o ex-titular da pasta, João Alberto Borges dos Santos.

As medidas foram publicadas no Diogrande (Diário Oficial da Prefeitura de Campo Grande) desta sexta-feira (21). Na sede da Semadur, a informação é que o novo secretário assume oficialmente na segunda-feira (24).

João Alberto, que teve sua aposentadoria, por idade e tempo de contribuição, publicada na quinta-feira (20), era funcionário de carreira da Semadur, e tinha seu nome defendido para permanecer à frente da pasta pelos vereadores, que não queriam a nomeação de Cezar Afonso, amigo e braço direito de Olarte.

O secretário de Governo e Relações Institucionais da Capital, Rodrigo Pimentel, revelou ao Campo Grande News que Heitor foi uma “escolha técnica e pessoal” de Gilmar Olarte.

Na quarta-feira (19) o presidente da Câmara, vereador Mário César (PMDB), havia sugerido ao prefeito que tirasse “amigos” e colocasse “técnicos” em seu primeiro escalão. O peemedebista também aconselhou a fusão das pastas de Receita com Planejamento, Finanças e Controle.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions