A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/11/2014 09:33

Cotado para secretário, braço direito de Olarte vira assessor executivo

Kleber Clajus
Aliado de Olarte, Cezar Afonso não descarta retorno a Semadur (Foto: Kleber Clajus / Arquivo)Aliado de Olarte, Cezar Afonso não descarta retorno a Semadur (Foto: Kleber Clajus / Arquivo)

No aguardo de vaga para secretário, o professor Cezar Afonso foi nomeado pelo prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), para atuar como assessor executivo na Semad (Secretaria de Administração). Braço direito do progressista, ele articula retorno à chefia da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo), porém não consegue ao menos assumir o diretório regional do Partido Progressista no Estado.

Conforme publicação no Diário Oficial, ontem (19), ele terá direito a vencimentos de DCA-1 (R$ 5.049,45), podendo ter gratificação de representação de 100% sobre o valor. A medida ocorre enquanto não avança negociação para que Cezar Afonso volte a ocupar cargo no primeiro escalão da Prefeitura.

O professor admite que sua pretensão é retornar à Semadur, porém seu nome não é bem avaliado entre os vereadores. Mario Cesar (PMDB), presidente da Câmara Municipal, já aconselhou o prefeito a “tirar amigos e colocar técnicos” na reforma administrativa e defende a permanência do engenheiro João Alberto Borges a frente da pasta.

Cezar Afonso ocupou o cargo no início da administração Olarte, em março deste ano. Ele pediu exoneração para ser candidato a deputado federal, mas desistiu após desavenças com o atual presidente regional do PP, Alcides Bernal, que tenta tomar o posto com aval da executiva nacional do partido.

O trâmite na sigla, no entanto, ainda não saiu da estaca zero conforme o secretário-geral do PP, Aldo Rosa, que nega movimentação para troca de comando no diretório regional.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions