A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/05/2013 10:21

Prefeito veta compra de prédio e defende volta de vereadores ao Paço

Jéssica Benitez
Bernal é contra uso do duodécimo para compra da sede da Câmara (Foto: Marcos Ermínio)Bernal é contra uso do duodécimo para compra da sede da Câmara (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), afirmou que não concorda com a possível compra do imóvel que atualmente abriga a Câmara Municipal e que os vereadores vão “voltar para casa”, insinuando que levará os parlamentares para o Paço Municipal provisoriamente até que a construção de uma sede própria seja concluída.

Bernal disse que a verba repassada à Casa de Leis, denominada como duodécimo, não é destinada à compra de bens e que o presidente da Câmara, vereador Mario Cesar (PMDB), está se esquecendo disso.

“O Mario Cesar se esquece de que o recurso, a titulo de duodécimo, que soma quase R$ 5 milhões por mês, é para manutenção e custeio e não para aquisição de bens, muito menos de imóveis cuja avaliação está sendo questionada”, explicou.

Além disso, conforme o chefe do Executivo, a Casa não tem personalidade jurídica para tomar este tipo de decisão e, por isso, precisa do aval da prefeitura. “Se a Câmara não utilizam esse recurso para tratar das próprias despesas, então temos que investir a favro da população, com reforma de escolas, Ceinfs, postos de saúde e manutenção de nossos equipamentos”, opinou.

Bernal voltou a cogitar o prédio da antiga rodoviária como opção para evitar o despejo dos vereadores. “A avaliação (do imóvel onde estão) está sendo questionada tanto judicial quanto moralmente. Precisamos de um local adequado, se for a antiga rodoviária, por exemplo, vai ajudar a revitalização da região”, avaliou.

Despejo - Os vereadores têm até outubro para resolver qual será a nova sede da Casa. O “despejo” foi determinado pela Justiça devido ao acumulo de aluguéis que não foram pagos desde 2007. Hoje a dívida este avaliada em R$ 11 milhões, segundo os advogados da proprietária do prédio, a empresa Haddad Engenheiros Associados, e ainda não foi paga.

Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Isso mostra uma total inversao de valores por parte dos vereadores, acha que são donos do dinheiro publico e se esquecem que são servidores da população campo-grandense, acham que podem bancar seus caprichos a custa do nosso dinheiro, se prestam a futilidade de escolherem onde querem trabalhar(ou seja, mandar e desmandar em campo grande).
Algo me diz que eles não vão sair perdendo nessa!!!
 
Mauricio Brandao em 09/05/2013 16:31:49
Parabens Bernal.
Vamos trabalhar Vereadores.
 
Emersom Floriano em 06/05/2013 14:02:00
Muito bom! Mande os vereadores para a antiga rodoviária, é lá que o povo quer vê-los. Mas é para trabalhar e não ficar com essa moagem!!!
 
Elisabeth Souza em 06/05/2013 13:27:52
Oh! senhores vereadores,a antiga rodoviaria é um predio muito bonito só falta uma reformada com pintura nova,esta muito abandonado,até outubro da para fazer isso,e o lado bom,acabaria a bandidagem que ronda aquele local,o que seria bom para o povo,também cabe ali diversos setores publicos que deveria ser estudado,Agencias do INSS,DETRAM,JURIDICAS ,CARTÓRIOS,ETC...onde ficaria de facil acesso.
 
Teresa Moura em 06/05/2013 12:35:17
Parabéns, Prefeito! “A avaliação (do imóvel onde estão) está sendo questionada tanto judicial quanto moralmente. Precisamos de um local adequado, se for a antiga rodoviária, por exemplo, vai ajudar a revitalização da região”, avaliou. Concordo que o melhor seria realocá-los na antiga rodoviária, iria ajudar o desenvolvimento da região, sairá mais barato para o governo e a população terá melhor acesso ao local, implicando em maior participação da mesma!!!
 
Bárbara Costa em 06/05/2013 11:29:37
Estive observando com mais atenção no prédio da antiga rodoviária e vem novamente o pensamento. Não é possível que com tanto avanço tecnológicos na área da construção civil, como novas metodologias em reforma, uso de novos materiais, equipamentos, o custo seria tão proibitivo para se aproveitar o espaço para a instalação de forma definitiva a Câmara dos vereadores. Analisando pelo desenvolvimento que trará a região, que precisa muito, já se trata de um dos melhores motivos para investir no local. Prédio de uma Câmara de vereadores, não pode ser considerado como um imóvel normal, privado, com avaliação custos de investimentos. O investimento a ser feito será compensado pelo retorno social, urbaníistico e ambiental das áreas em seu entorno. Prédio da Câmara não é para especulação imobiliária
 
Flávio Márcio em 06/05/2013 11:29:04
É isso ai prefeito!!! os vereadores precisam entender que eles são apenas servidores que foram escolhidos pelo povo,uma salinha é suficiente para quem deseja trabalhar.o momento é de contenção e não de ostentação.
 
walter oliveira em 06/05/2013 11:26:15
Senhores Vereadores respeitem a vontade do povo que aqui residem, devolvam esta propriedade para os proprietários. O lugar da Câmara é no Paço Municipal, lugar de fácil acesso para nós pobres mortais, podermos assistir as reuniões dos Nobres Parlamentares
 
Ari Ferreira em 06/05/2013 11:10:12
isso mesmo bernal vamos cortar gasto e colocar na rua aqueles que sao nomeado que ganha muito isso sim tenha muita gente mamando na teta e e genta de antiga gestao FUCIONARIO FANTASMA....
 
JOSE PEDRO em 06/05/2013 11:05:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions