A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/06/2016 14:00

Prefeito veta tabela salarial para médicos, odontólogos e veterinários

Alberto Dias
Prefeito Alcides Bernal (PP) publica novo veto a reajuste de servidores (Foto: Arquivo) Prefeito Alcides Bernal (PP) publica novo veto a reajuste de servidores (Foto: Arquivo)

Alegando que os vereadores aprovaram um reajuste diferente do proposto pelo Executivo, o prefeito Alcides Bernal (PP) vetou totalmente o projeto de lei que institui uma tabela salarial para médicos, odontólogos e veterinários da Prefeitura. O texto vetado hoje foi aprovado em regime de urgência no último dia 12 de maio, com a presença de diversos profissionais da área de saúde, principalmente odontólogos. 

Conforme publicado no Diário Oficial nesta sexta-feira (10), Bernal aponta que o Legislativo aprovou um índice de 3,57%, diferente dos 3,31% propostos, acarretando "graves vícios de origem" que contrariam o teto de reajuste imposto pelo regimento eleitoral. No texto, o prefeito reitera que a Prefeitura não pode conceder percentual que exceda a inflação dos quatro primeiros meses do ano - período compreendido "antes da vigência de tais regras eleitorais".

A justificativa é antiga e ainda causa controvérsias, especialmente junto ao Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais de Campo Grande), que exige a reposição salarial de 9,57%, alegando que outros municípios como Corumbá, Três Lagoas e Fátima do Sul o fizeram, já durante o período tido como eleitoral. Os 9,57% pleiteados viraram emenda aprovada pelo Legislativo Municipal e também vetada pelo prefeito.

O assunto foi retirado da pauta de votação na última quinta-feira (9), em virtude do grande movimento de pessoas na Câmara que foram acompanhar a votação ao veto do prefeito sobre a polêmica "Lei da Mordaça". Assim, o salário dos 22 mil servidores municipais será tema de nova discussão e votação pelos vereadores na próxima semana, na Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions