A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/01/2015 12:53

Prefeitos e Governo devem aprovar início das aulas no dia 19 de fevereiro

Kleber Clajus e Juliene Katayama
Governador disse que pedido foi realizado por prefeitos e, havendo consenso, não vê problemas em atrasar início das aulas (Foto: Marcelo Calazans)Governador disse que pedido foi realizado por prefeitos e, havendo consenso, não vê problemas em atrasar início das aulas (Foto: Marcelo Calazans)

Em meio a crise financeira, prefeitos do interior negociam atraso no início das aulas em escolas estaduais para economizar com transporte escolar e professores temporários. A medida, apresentada pela Assomasul (Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul), recebe apoio do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pode contribuir para o retorno dos alunos somente a partir de 19 de fevereiro.

“Foi um pedido dos prefeitos, mas precisam conversar entre eles. Se for pactuado o Estado não vai se opor e terão mais tempo para se organizar”, explicou Reinaldo, durante evento com 600 diretores da rede estadual de ensino no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

Conforme o presidente da Assomasul, Juvenal Neto (PSDB), a proposta visa igualar os calendários escolares do Estado e dos municípios para que as atividades sejam iniciadas em período posterior ao Carnaval. A economia, neste caso, seria de 10 dias com transporte escolar, professores contratados e ainda garantiria a conclusão da reforma de estruturas escolares.

Inicialmente, as aulas possuem início previsto para 9 de fevereiro. Reunião com o governador, ontem (26), não concluiu negociação no sentido do atraso do ano letivo, porém novo encontro está previsto para sexta-feira (30).

Sobre o tema o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul), Roberto Botarelli, pontuou que a questão é polêmica e não pode deixar de ser discutida amplamente.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


E quem irá ficar com nossos filhos para que voltemos a trabalhar? Ou as férias dos pais também serão prorrogadas até dia 19?
 
Ana em 27/01/2015 14:56:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions