ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 22º

Política

Presidente da Assomasul cobra compromissos de presidenciáveis com municípios

Pedro Caravina espera que candidatos ao Palácio do Planalto assumam responsabilidades junto às prefeituras; oito pleiteantes ao cargo participarão de painéis

Por Humberto Marques | 21/05/2018 18:38

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina (PSDB, Bataguassu), defendeu nesta segunda-feira (21) que os candidatos à Presidência da República incluem em suas agendas o compromisso de cobrir custos dos municípios com programas do governo federal. A sugestão foi apresentada em reunião na CNM (Confederação Nacional de Municípios), que integrou a 21ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que ocorre até quinta-feira (24) na capital federal.

Membro ativo do Conselho Político da CNM, Caravina destacou, segundo sua assessoria, que o presidente da República tem força para aprovar votações no Congresso mobilizando a base de apoio. Desta forma, poderiam emplacar propostas de interesse das prefeituras –algo a ser cobrado pelos prefeitos no futuro.

Uma das preocupações dos prefeitos, segundo ele, é com as verbas para manutenção dos programas do governo nos municípios, que seriam insuficientes para o custeio. Isso levaria os Executivos municipais a arcarem com despesas mesmo sem ter receitas. Um exemplo seria o ESF (Estratégia Saúde da Família), do Ministério da Saúde, no qual a União paga apenas R$ 7 mil aos municípios, apesar de as despesas nos postos de saúde chegarem a R$ 50 mil.

Confirmados – Segundo a assessoria da Assomasul, oito pré-candidatos ao Planalto devem participar da Marcha, em painéis marcados para esta terça-feira (22) e quarta (23): Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), Manuela D’Ávila (PC do B), Jair Bolsonaro (PSL), Afif Domingos (PSD), Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB).

Ainda na quarta-feira, está programada a leitura de carta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT.

Após suas falas, os presidenciáveis deverão responderão questionamentos sobre problemas enfrentados pelos municípios, incluindo a partilha de competências e dos recursos de arrecadação.

Mais de 5 mil prefeitos confirmaram presença na Marcha que deve contar também com a presença do presidente Michel Temer e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A Assomasul levou 55 dos 79 prefeitos do Estado ao encontro.