A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/01/2015 10:12

Presidente do PT diz que expulsão de prefeito é postura isolada de Zeca

Aline dos Santos
Presidente do PT, Paulo Duarte afirma que não é hora de fazer disputa. (Foto: Arquivo)Presidente do PT, Paulo Duarte afirma que não é hora de fazer disputa. (Foto: Arquivo)

Presidente regional do PT, Paulo Duarte afirma que o pedido de expulsão dos prefeitos petistas que apoiaram a eleição de Juvenal Neto (PSDB) na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) é postura isolada de Zeca do PT, deputado federal eleito e ex-governador.

Segundo ele, o partido entende que não cabe punição porque não houve disputa e a entidade não tem função política.

“Primeiro, não houve disputa na Assomasul. Foi uma chapa de consenso. Falei com o Erney agora e disse que no PT não há disposição de punir a prefeito nenhum. É uma posição isolada do Zeca do PT. Não é hora de arrumar motivo para fazer disputa”, afirma Paulo Duarte, que também é prefeito de Corumbá.

O prefeito de Jardim, Erney Barbosa (PT), é vice-presidente na chapa liderada por Neto, prefeito de Nova Alvorada do Sul. De acordo com Duarte, Zeca do PT pode pedir expulsão de filiado, mas a decisão é da executiva do partido e a Comissão de Ética. A eleição na entidade que reúne os prefeitos foi realizada no dia 16 de janeiro. 

Vander defende prefeitos do PT que participam de nova diretoria da Assomasul
O deputado federal Vander Loubet (PT) defendeu a participação dos prefeitos petistas na chapa do tucano Juvenal Neto, novo presidente da Assomasul (A...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions