A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/01/2009 11:36

Presidente italiano critica Brasil por asilo a condenado

Redação

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, enviou carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para expressar seu profundo "estupor" e "amargura" pela decisão do governo brasileiro de conceder asilo político a Cesare Battisti.

O asilo foi concedido na última terça-feira e gerou protesto por parte dos políticos italianos. Como retaliação pode chegar ao fim o convênio entre as "cidades irmãs" Turim (Itália) e Campo Grande. O fim da parceria, realizada desde 2002, foi pedida por Roberto Ravello, membro do conselho da comuna de Turim.

No texto, o presidente italiano se diz um "intérprete" da "grande emoção e reação que a grave decisão [concessão do asilo a Battisti] suscitou no país e nas forças políticas italianas".

Cesare Battisti, de 52 anos, foi condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos na década de 1970, quando integrava um grupo de extrema-esquerda.

Conforme a Agência Brasil, Battisti fugiu para a França em 1981, onde viveu por mais de dez anos. De lá, veio para o Brasil, onde foi preso no Rio de Janeiro, em 2007. O italiano está detido na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions