A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

20/07/2011 11:38

Comboio com presos em Alcinópolis chega à Capital e segue para a Derf

Vinícius Squinelo e Francisco Júnior

Prefeito e parlamentares da cidade foram presos acusados do assassinato de vereador

Os seis presos acusados do homicídio do vereador Antônio Carneiro (PDT), inclusive o prefeito de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), já chegaram à Campo Grande.

O comboio, com nove veículos, que incluem carros da Polícia Civil de Alcinópolis, do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) e da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), entraram na Capital pela BR-163 e seguem diretamente para a sede da Derf, na Vila Sobrinho.

Além do prefeito, foram presos o presidente da Câmara de Vereadores, Valter Roniz (PR), os parlamentares municipais Ênio Queiroz (PR), Valdeci Lima (PSDB), o comerciante Ademir Luiz Muller, dono de uma loja local e Jurdete Marques de Brito. Todos são acusados de envolvimento no assassinato do vereador Carlos Antônio Costa Carneiro (PDT), 40 anos, ocorrido em outubro do ano passado em Campo Grande.

As prisões foram realizadas em Alcinópolis, região Norte de MS. Foram levantadas suspeitas sobre o procedimento dos agentes da Polícia Civil durante as prisões. Segundo o site Edição de Notícias, para prender o prefeito de Alcinópolis, os policiais civis arrombaram pelo menos três portas de sua casa, localizada no centro da cidade.

O assessor de comunicação da PC, delegado Sidnei Alberto, afirmou que nenhum excesso foi cometido pelos policiais.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil ainda informou que existe a possibilidade da divisão dos seis presos em mais de uma delegacia, na sede da Derf, do Garras ou da 1ª Delegacia de Polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions