A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

26/02/2014 17:05

Projeto muda estatuto e garante pensão a pais de policial morto em conflito

Lidiane Kober
Marquinhos apresentou o projeto na sessão desta quarta-feira (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Marquinhos apresentou o projeto na sessão desta quarta-feira (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) apresentou, nesta quarta-feira (26), Projeto de Lei Complementar para incluir na legislação estadual dispositivo que garanta a pais de policiais mortos em confrontos benefício financeiro.

A proposta leva em consideração a história da família do policial militar Luiz Pedro de Souza Gomes, 33 anos, morto no dia 14 de novembro de 2013, em um confronto entre policiais da Força Nacional de Segurança e moradores do Distrito de Rio Pardo, em Rondônia.

Por não ser viúva, a mãe dele, Corina de Souza Gomes, 57 anos, não tem direito a pensão. Se aprovado o projeto, serão incluídos na lista de beneficiários “a mãe e o pai que comprovem dependência econômica do militar estadual”.

Justamente em busca da mudança na legislação, parentes e amigos de Luiz Pedro foram, dia 15 de fevereiro, às ruas de Campo Grande protestar. O plano deles era colher assinaturas para exigir a mudança da lei complementar 053/1990. Por esse caminho, seriam necessárias 100 mil assinaturas.

“É uma questão de justiça. Neste caso, o rapaz era solteiro, ajudava em casa, então, a família precisa contar com o apoio do Estado. Até mesmo, porque, como policial, ele sempre trabalhou pela segurança da sociedade e teve descontado de seu salário todas as contribuições impostas por lei”, frisou Marquinhos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions