A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

10/11/2011 13:42

Projeto na Câmara pode proibir consumo de bebida em ruas da Capital

Wendell Reis
Vereadores vão fazer audiência pública para ouvir a opinião da população(Foto: João Garrigó)Vereadores vão fazer audiência pública para ouvir a opinião da população(Foto: João Garrigó)

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande votariam na sessão desta quinta-feira (10) o polêmico projeto de autoria dos vereadores Paulo Siufi (PMDB) e Lídio Lopes (PP) que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em Postos de Combustíveis. Porém, a votação foi adiada por conta de mudanças no projeto inicial.

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) aprovou o projeto, mas os autores fizeram algumas modificações , incluindo a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em vias e praças públicas de Campo Grande, o que causou dúvida em vereadores, que pediram vistas.

Agora, a Câmara deve se reunir com diversos setores da sociedade, em uma audiência pública, para decidir o que fazer. Um dos autores do projeto, Lídio Lopes, relata que o novo projeto proíbe o consumo em postos de combustíveis e em vias públicas, incluindo praças. No caso das conveniências, só será permitido o consumo se não tiver aglomeração.

Pelo projeto de lei, ficaria proibida a aglomeração de pessoas consumindo bebidas alcoólicas ou entorpecentes. Neste caso, três pessoas consumindo bebida e fazendo algazarra já será considerada aglomeração e importunação. Neste caso, as pessoas que costumam ir para as ruas para tomar cerveja deverão abandonar o hábito.

A proibição foi colocada em pauta depois que os vereadores receberam telefonemas e manifestações pessoais, com cobranças de medidas urgentes da população. Os moradores alegam que os jovens transferiram a bagunça da avenida Afonso Pena para outros locais, com som auto e consumo de bebida alcoólica.



O correto não ficar criando novas leis e sim revisando as que já existem e faze-las ser cumpridas.
 
Delcimar Souza em 13/11/2011 09:01:46
Moro perto de muito barulho, e os caros Vereadores não somente se preocupam com a maioria, mas com a minoria também que sofre. Obrigado pelo empenho Vereadores, não sou contra as pessoas que bebem, mas os atos são muito prejudiciais aos outros, o bom senso é sempre importante.
 
Jorge Antônio em 13/11/2011 08:17:54
Sinceramente, eu nunca vi em toda minha vida e em por todos os lugares que passei, um povo tão MEDÍOCRE e de MENTE PEQUENA, como o povo campograndense...li todos os comentários, concordo que baderna e incomodar é demais...aproveitem com som mais baixo um pouco, porém chamar pessoas de VAGABUNDOS só pq um imbecil não sai de casa é demais. OOOO povinho medíocre e sem instrução o tal MS
 
Marcilio Veronez 47 anos em 13/11/2011 01:50:06
Só está faltando algo: uma lei que proíba de beber dentro de sua casa..aí fica completo o coretoooo...
 
Lucia Carvalho em 13/11/2011 01:37:52
Com tanta gte necessitando de um projeto de lei para ajudar a sanar problemas como: fome, desemprego, educação, saúde, SEGURANÇA, e vc´s da câmara fazendo projetinho de "lei" para não consumir bebidas nas ruas? Precauções para que diminuam acidentes devem ser tomadas sim, mas responda-me: se o cara comprar caixas e caixas de bebida alcoólica e beber em casa e sair e causar acidentes? heim??
 
Lucia Carvalho em 13/11/2011 01:36:44
Srs. Vereadores, Será que vcs tem competência para legislar sobre o consumo ou não de bebidas em vias públicas? Cuidado com incostitucionalidade dessa lei. Aproveito para dizer que o problema não está na venda da bebida, leis já existem, não tentem inovar, o que falta é a aplicação da norma, e o seu cumprimento. Policiamento nas ruas, prisão para os baderneiros e fim do problema. Simples não?
 
Felipe D. Queiroz em 12/11/2011 12:59:49
Daqui uns dias vereadores, irão entrar em supermercados, e dizerem isso não pode comprar, vão querer entrar em suas residencias, para ver o que voce esta consumindo, porque pode fazer mal a saúde, e dará despesa ao SUS.
Vereadores, já existem leis, para tudo isso, querem proibir uma sociedade, toda por causa de alguns individuos, que fazem baderna e som alto? e só aplicar a lei, nessa cambada.
 
haroldo rodrigues em 12/11/2011 12:33:06
Acho que é uma medida que nao vai acabar com o problema.. existe em campo grande uma cultura de CIDADE DE INTERIOR. Porem devia ser REGULAMENTADO a aglomeraçao em lugares residenciais.
 
Bruno Vinicius em 12/11/2011 12:26:14
Nem mesmo no tempo do governo militar existia tanta imposição, quanto os nossos vereadores Campograndesse estão querendo impor aos municipes.Estas idéias está muito parecida com antigas histórias contadas em livros ou novelas dos Coronéis do café e da cana de açucar no tempo do Império. Em pleno século XXI é dificil. Cuidado Srs. vereadores estamos proximo as eleições e o povo poderá julga-los.
 
porfirio vilela em 12/11/2011 12:20:07
É, a ditadura mostra suas faces. Daqui uns dias os Srs. Vereadores vão baixar um toque de recolher em Campo Grande...

Acorda Brasil!!!!!!!!!!
 
Daniela Fialho em 12/11/2011 12:16:27
Tá certo. Proibiram o cigarro e agora tomam mais uma grande medida. Parabens.
 
JOSÉ PEREIRA FILHO em 12/11/2011 12:12:19
bom!!!educação vem de casa e como todos tem casa entao serve para todos ,e tem mais em coveniencias só fica filhos de papai que pensa que pode pertubar o descanso das pessoas que trabalha a semana toda, e tambem tem que estipular um horario para vender bebidas,tem algumas pessoas que pensam que a rua é deles ,como exemplo é la na moreninhas ,em um tal bar de esquina perto da feira....
 
fabiano luiz em 12/11/2011 12:04:10
Será que nossa constituição permitirá que esta lei entre em vigor,nosso país é um estado democrático de direito, acho muito desagradavel sertos parlamentares ficar criando espectativas de tantas leis só para aparer na midía,vejo estas demagogias, sinto que nossos representantes não respeita quem os elegeram ou estão substimando a inteligencia da nossa sociedade. É uma pena que muitos não percebem.
 
porfirio vilela em 12/11/2011 12:02:23
Aprovado...E a todos os demais que com certeza fazem parte do bando de arruaceiros, seja consumindo ou fornecendo, e estao reclamando de direitos.....
Onde fica o direito de ficar em casa descançando, dormindo, tendo um lazer, ou simplesmente nao fazendo nada, e tem sua tranquilidade abalada por um bando de desocupado, que com som alto, gritos, palavras de baixo calão fazendo das ruas latrinas.
 
Anderson Garcia em 12/11/2011 11:12:36
é isso ai... parabens aos DITADORES!! Campo Grande tem muito a melhorar (apesar de ser uma linda cidade) por que nao pensar em educação que é a base de tudo?
vão trabalhar e pensar em melhorias para a cidade e não querer aparecer em projetos inuteis (porem polemicos)
 
Lucas Fontoura em 12/11/2011 10:55:49
pra acabar com essas badernas nas conveniências,tem q aumentar o nº de policiais fazendo ronda na ruas,porque esses locais ja são conhecidos pelos policiais, e ñ proibir a venda.
 
Luciano Petiz em 12/11/2011 10:26:24
CONTRA!
Acho que exitem coisas muito mais importantes a ser visto com saúde, educação, entre outras, acho que o hábido das pessoas de campo grande é, aos finais de semana e feriados se dirigir a praças, avenidas "de encontro" para tomar tereré e também quelas pessoas que gostam de tomar a sua cervejinha.

Deve-se haver um controle em relação a lei seca e as badernas (controle e não proibição!)
 
Marcelo Barbosa em 12/11/2011 10:22:30
os Vereadores deveriam se preocupar com os moradores de risco da cratera da Nova Lima, Cratera da Spipe Calarge, cratera do residencial Novo Seculo, o porque que os moradores de risco, e fundo de vale do córrego balsamo dos Bairros Universitário, Vila Santo eugenio, Jardim ametista e Tropical não iram sair os únicos dos projetos dos PAC em campo grande grande que não vao deixar as margens.
 
stella Medeiros em 12/11/2011 10:21:01
quem e contra e porque não mora perto de conveniencia
 
cicero robert. em 12/11/2011 10:15:43
Esse projeto é sem pé nem cabeça... como proibir a venda de bebidas nas ruas da Capital... e as pessoas que bebem e não dirijam??? O certo é a Lei Seca, que proibe o motorista de enjerir bebida alcoólica antes de dirigir. Agora, proibir o comercio da bebida é exagero
 
FLÁVIO HENRIQUE em 12/11/2011 10:08:05
Gostei!

não aguentamos mais! não vale a vida das pessoas e o sossego a troco de obter lucro para meia dúzia.
 
Juarez de Souza em 12/11/2011 09:51:38
PEGANDO CARONA EM TRECHOS DE ALGUNS COMENTÁRIOS, BÊBADOS E ALGAZARRA SÃO SIM UM ASSUNTO DE SAUDE PÚBLICA, EDUCAÇÃO E TAL ATITUDE POR PARTE DOS PARLAMENTARES E SOCIEDADE, PODE DIMINUIR E MUITO OS INDICES DE VIOLENCIA, ATÉ NO TRANSITO, QUE TEM CEIFADO MUITAS VIDAS DE NOSSOS JOVENS. PARABENS VEREADORES DE CAMPO GRANDE.
 
Julio Cesar Nantes em 12/11/2011 09:49:41
isso vai contra o direito de liberdade do cidadão ,agora não vou mais poder tomar uma cerveja com minha familia na praça porque o governo não tem capacidade de dar educação a uma "turminha marginalizada" ja existem tantas leis que podem ser cumpridas para resolver o problema , sem ter que prejudicar os direitos de pessoas que nao se enquadram nesses individuos que fazem baderna e vandalizam.
 
silvano silva em 12/11/2011 09:42:06
GOSTEI!!!! QUEM QUIZER BEBER QUE BEBA EM SUA CASA...NÃO SOU OBRIGADO A AGUENTAR BÊBADOS NA RUA INCOMODANDO O CIDADÃO DE BEM E COLOCANDO EM RISCO A VIDA DE TERCEIROS....ISSO NÃO TEM NADA A VER COM PROIBIÇÃO E SIM COM SEGURANÇA....
QUEREM SE DIVERTIR, SAIAM MÁS NÃO BEBAM, POIS ESTAS BEBEDEIRAS PODEM CAUSAR ACIDENTES FATAIS....DERRUBANDO CASAS ALHEIAS, MATANDO...FORA BEBIDA ALCOLICA NA RUA!!!!
FIM.
 
GILMAR CANDIDO em 12/11/2011 09:29:13
De que adianta leis se não há fiscalização... há coisas muito mais importantes do que essa...
 
Elisângela Coradini em 12/11/2011 08:54:49
otimo adorei....isso é muito bom não só para a população mas para os pais que não sabem nem se os filhos voltarão vivos da rua....aprovado!!!!!
 
marcia matilde ibrahim midon em 12/11/2011 08:53:02
Na minha opinião, deve sim tirar alguns excesso dos jovens de hoje em dia ..... mais tambèm precisamos ver o lados dos jovens tambèm antes de sair proibindo tudo, pois os jovens de Campo Grande - MS não tem muitas obções de lazer, por isso vam para Avenidas e ruas.Precisamos que nossa Prefeitura e empresarios da Capital invistam mais em local para festa em Campo Grande.. Ex Goiania...
 
Willian Gavillan em 12/11/2011 08:43:52
Qual o próximo passo? Proibir a venda de motos para reduzir a quantidade de acidentes com este tipo de veículo? Isso é um atestado de incompetência assinado pelo poder público. Tem que haver fiscalização. Põe a polícia pra fiscalizar estes locais pra ver de isso não acaba rapidinho. Criem uma delegacia especial para tratar das crimes contra a ordem pública. Seria mais inteligente.
 
Adriano Lopes em 12/11/2011 08:18:36
Menos meus caros vereadores. Que moralismo em relação a bebidas é esse?
 
Emerson Renato Balbuena Leão em 12/11/2011 07:31:13
Proibir o consumo de bebida alcóolica em postos de gasolina resolverá o problema dos acidentes no trânsito e da pertubação da ordem devido a aglomeração de pessoas nos postos? Sinceramente digo que não. É mais uma lei que não resolve o problema em sua raiz causal. Outro grande problema é a mistura de política e religião. Senhores preocupem-se com os reais problemas de CGR.
 
Fabiana Silva em 12/11/2011 06:54:17
Simplismente RIDÍCULO... que proibam o uso de som, bagunças e tal...mais essa de proibir o consumo de bebida..aff e como ficam os bares, como Miça, a Cerv Ja que e nada mais que uma conveniência...
 
felipe ramos em 12/11/2011 06:30:31
Quem diz que isto não se trata de uma questão de saúde pública está enganado, pois aqui temos um sistema de saúde financiado por toda a população por meio de impostos. Um indivíduo que busca a cerveja e outras bebidas em postos, anda de carro bêbado e provaca acidente será tratado em parte pelo SUS,onerando ao pobre que vê parte de seu salário miado sendo perdido em impostos por irresponsabilidade
 
Guilherme Alves Corrêa em 12/11/2011 05:52:09
essa medida só vai tira o ganha páo de muito pai de familia, trabalhadores que dependem da venda de bebidas. sem conta que isso fere a constituiçao, pois somos livres e nao eastamo infringindo lei....
 
kleber kassius em 12/11/2011 05:43:39
É INCONSTITUCIONAL uma Câmara Municipal legislar sobre assunto de competência federal. Qualquer um poderá judicialmente requerer seu direito e irá ganhar. Conveniências transformaram-se em points para pobres e ricos se aglomerarem, um pouco de tudo que disseram, o importante é tratar algo como segurança da comunidade, de interesse da saúde pública, e campanhas para educar jovens e adultos !!!!
 
Luis Enrique Nascimento em 12/11/2011 05:25:25
Quem estudou historia sabe que o mundo ainda vive no feudalismo, só que agora temos vários senhores feudais. Outra é que saímos da ditadura militar e vivemos a ditadura da mídia. Voces já repararam que se não pagarem os tributos eles tomam de voce a propridade do bem e que as casas populares construidas são praticamente iguais. Tem mais coisas. Pensem, não se deixem iludir.
 
JOSÉ PEREIRA FILHO em 12/11/2011 04:59:14
Beleza!! Agora vamos proibir os politicos de rubar!!!
 
André Luis em 12/11/2011 04:24:56
O comentário do Silvano está mais do que certo, "isso vai contra o direito de liberdade do cidadão". Daqui a pouco vão querer proibir tudo, é bom que esse Vereadores que são nossos empregados fiquem atentos, pois o mundo inteiro está se revoltando contra os governantes que privam o povo de liberdade.

A Constituição Federal consagra como direito fundamental a liberdade.
 
Mário Cardoso em 12/11/2011 04:19:54
Essas leis são tolas!
No lugar de se preocupar com essas leis banais, pq não investe na educação que está horrível!!!!
 
Carlos Netto em 12/11/2011 03:52:30
Que tal uma estratégia melhor, decibelímetro na não, policia militar dando geral nos baderneiros, tirando drogas, armas e menores de idade na madrugada. E colocar a plaquinha proibido parar e estacionar nas ruas e calçadas, onde haja aglomerações de gente e carros. A lei já existe, affff, querem criar mais uma. Mais uma lei secamente molhada.
 
neto ferreira em 12/11/2011 03:20:36
Srs;vereadores por que aos inves de inventar leis proibindo a populaçao disso e daquilo voces nao fazem uma para punir vereadores que estao metendo a mao no dinheiro do contribuinte ilegalmente assim, como as materias citadas quase todos os dias...
 
marcio cabral em 12/11/2011 03:08:22
Gostaria de lembrar os exceletissimos politicos que em 2012 é ano de eleições e não esqueceremos de voces, tão querendo desviar o foco das irregularidades da cidade para projetos polemicos, o triste é ver que algumas pessoas acreditam nesses projetos e aplaudem, esses são os primeiros que quebram a cara! ACORDA MEU POVO!
 
Lucas Allan em 12/11/2011 03:02:17
Discordo. Trata-se da "prevenção situacional" que nada resolve. Proibir uso de celular dentro de bancos, proibir dinheiro em ônibus coletivos, "toque de recolher", etc. são todas medidas paliativas e ilusórias. Supermercados vendem cerveja gelada, em frente de faculdade tem som alto em veículos e cervejas. A lei seca não funcionou nos EUA na década de 1920-1933 e só fez crescer o crime organizado.
 
MARCOS OLIVEIRA em 12/11/2011 03:00:39
Concordo com a proibição em posto de gasolina, pqe aquela bagunça, ninguém merece! Mas proibir em conveniencias, praças e ruas?! Aí jah eh demais! Proibam os habitantes de sair na rua logo de uma vez então!! ja tem a lei seca e so fiscalizar para de inventar moda vereadores e criem leis sobre educaçao e saude que e mais prioridade que esta....

 
marcio cabral em 12/11/2011 03:00:20
Não é a primeira vez que os vereadores vem com este assunto, o notável é que sempre ocorre às vésperas eleitorais, isso já aconteceu antes! agora resta saber os reais motivos, legislar para melhorar ou gerar recursos eleitoreiros?
 
AFRÂNIO SOARES em 12/11/2011 02:34:44
PARABENS ATÉ QUE ENFIM UMA LEI QUE VALE A PENA !! AS CONVENIENCIAS ,POSTOS DE COMBUSTÍVEL ,RUAS E PRAÇAS PUBLICAS VIRARAM PONTO DE BEBADOS E ARRUACEIROS QUE FAZEM ALGAZARRAS A NOITE INTEIRA TIRANDO O SOSSEGO DOS MORADORES E DE MUITAS FAMILIAS ,E OLHE QUE ESSES ARRUACEIROS SÃO PESSOAS BEM VESTIDAS COM CARRÕES ETC,ETC ,DEVEM SER OS MESMOS QUE ESTÃO POSTANDO COMENTÁRUOS DESFAVORÁVEIS A ESSA LEI !
 
rosemary ramos dos santos em 12/11/2011 02:17:35
Se as pessoas soubessem discernir o beber socialmente do porre, se ainda houvesse uma noção de limites, isso não seria necessário.
As pessoas perderam a percepção de que vivem em sociedade e acham que, como foram criados em suas casas podendo tudo, não ter limites fora dela também é LIBERDADE.
Ninguém distingue mais liberdade de libertinagem.
Então, cada povo recebe as leis que merece.
 
Luciana moura silva em 12/11/2011 02:11:02
Não fumo e não bebo; mas acho um absurdo essas Leis. Mesmo porque nunca são cumpridas. Hoje vivemos num COMUNISMO DISFARÇADO, o estado controla e determina todos os nossos movimentos; o que pode e o que não pode ser feito. Até hoje ainda não vi nenhum desses legisladores ou um dos seus serem punidos por infringir essas Leis. Será que são todos Santos.
 
Arthur Kosloski em 12/11/2011 01:05:26
Parabéns aos vereadores, muito bom esse projeto.
As pessoas que discordam dele é porque não querem ter um mundo mais justo. Fato.
 
Johnny Daniel em 11/11/2011 12:38:58
Nossa se essa lei pelo menos adiantasse algo, se diminuisse acidentes, furtos, estupros, roubos mas nada disso é pelo contrário... agora proibir não é a solução e sim precisamos de mais policiamentos nas ruas segurança, isso sim.
A lei seca mesmo adinatou em algo....?!
 
Nayane Albanez em 11/11/2011 12:02:53
PODIAMOS CRIAR UMA LEI TBÉM P/ ACABAR COM POLITICOS CORRUPTOS,,,, QUE SE VENDEM POR QUALQUER DINHEIRO!!! TANTOS PROBLEMAS NA SAÚDE E ELES SE PREOCUPANDO COM ISSO... ACHO Q TEM PESSOAS Q REALMENTE PASSAM DO LIMITE... MAS VAMOS ROUBAR MENOS E QUALQUER MAIS POLICIAIS NAS RUAS!!!!!!
 
ANA CAROLINE em 11/11/2011 11:49:57
O que acontece em postos e conveniências é "perturbação da ordem", e ocorre sempre nos mesmos locais, dessa forma é só a Polícia agir (como fez na Afonso Pena com uma blitz gigante). Os vereadores da capital precisam parar de agir de maneira eleitoreira, não necessitamos de mais leis no Brasil, apenas o crumpimento das existentes. Sem contar no desemprego que essa medida causará...
 
Alexandre Silva em 11/11/2011 11:49:44
Tudo que é exagero deve ser sim proibido. Compre a bebida na conveniência e leva pra casa. A gente pára na conveniência para comprar, tem um monte de gente bebendo em pé, porque não tem cadeiras para sentar e atrapalha, dependendo do lugar a gente passa direto.
 
Cida Barros em 11/11/2011 11:45:59
é brincadeira isso né, a ditadura ja se foi ha muito tempo.
isso nao resolvera de nada, porque nao mudam as leis, porque nao mexem na constituiçao.
bebida se compra em qualquer lugar, podem beber em casa e sair para fazer arruaça,
acho isso um absurdo e ai esta registrado meu protesto...
 
Lenita Amaral em 11/11/2011 11:12:01
E a Dona Caroline Dourado, Dr Loester não questionou o fato da proibição do consumo em frente aos posto e conveniências e sim o fato de proibir o consumo mesmo sendo adequado. Presta atenção antes de falar alguma coisa.
 
Antonio Carlos Azuaga em 11/11/2011 11:06:07
Dr. Loester está certíssimo em dizer que estão querendo transformar Campo Grande em um cemitério onde deve-se apagar as luzes e dormir! Se preocupem em coibir as algazarras nas ruas e não a venda das bebidas, e quem compra e vai tomar em casa tranquilo? Fica sem? Tudo isso só pra fazer mídia.
 
Antonio Carlos Azuaga em 11/11/2011 11:02:06
Proibir o consumo nos postos de gasolina tudo bem, mas proibir o consumo na sruas já é demais. Daqui uns não vou poder nem sair de casa! Será que se eu sentar em frente a minha casa para tomar minha cerveja será considerado consumo em via pública e vou ser preso? Tá de palhaçada!
 
Antonio Carlos Azuaga em 11/11/2011 10:58:54
Parabéns a Camara de Vereadores da capital, com medidas como essa vemos uma luz no fim do túnel, lembremo-nos que exemplo é tudo, não gosto de ir abastecer meu carro junto com o meu filho, pois não quero que ele veja pessoas bebendo em algazarras, fazendo arruaças, ouvindo sertanejo chechelento e funk obsceno, precisamos sim ver as pessoas nas igrejas, pois diversão deste tipo é ilusão!
 
Thiago Rezende em 11/11/2011 10:54:55
De que adianta aprovar leis e não ter como fazê-las ser cumpridas, se a Prefeitura desse um limpa nesse monte de "boteco" irregular que tem nos bairros já ajudava, e vc pobre vizinho da bagunça nem pode cobrar nada, pq se vai a justiça acaba sendo ridicularizada.
rmello.ms@gmail.com
 
Rosangela Aparecida em 11/11/2011 10:54:45
Quem gosta de bagunça e esta participando dessas (festas)não imagina como faz mal aos outros que são obrigados a ouvir funk,quando sua musica preferida e sertaneja,classica,ou gospel moro a 50 mt de um bar onde no final de semana tocam som de carro tão alto e com porta malas aberto p o lado de minha casa,não ouço nem a tv,não dá para se conversar em casa,incomoda muito e deve sim ser prroibido.
 
Adenilza Farias em 11/11/2011 10:53:42
nos anos de chumbo, os jovens saíam às ruas com seus ternos e calças social e um ideal de liberdade que não existia. paradoxo interessante, hoje, a "liberdade" (que não é a intelectual) tão comentada pelos meios democráticos, fez surgir jovens bestializados pela ignorância. o sistema contribuiu muito, e hoje com tantos recordes econômicos, está amarrado a um atraso monumental na educação.
 
claudio campelo em 11/11/2011 10:45:12
Leis já existem pra coibir as badernas, agora é só realizarem aquele trabalhinho por parte da polícia, é só a polícia frequentar os locais e começar fazer revistas em todos, revista padrão, coloca todo mundo na parede e começa a "revista padrão", do tipo começa num instante e termina só ao amanhecer. Eitá que esse povo vai gostar, o som vai ser do tipo: documento, onde mora, o que fazendo?
 
silva souza em 11/11/2011 10:41:00
DAQUI A POUCO VÃO ME PROIBIR E USAR SHORT,
VÃO ME PROIBIR DE DAR RISADA,
DAQUI A POUCO VÃO PEDIR PRA IMPRENSA NÃO NOTICIAR,
DAQUI A POUCO O ESTADO "DEMOCRÁTICO" VAI ESTAR PIOR DO QUE UMA DITADURA, SE JÁ NÃO ESTÁ É CLARO.

PEÇO AOS VEREADORES O MÍNIMO DE RESPEITO AS LIBERDADES INDIVIDUAIS,
ACHO ENGRAÇADO SE BEBER CERVEJA NA PORTA DA MINHA CASA VÃO QUERER QUE EU PAGUE MULTA OU VÁ PRESO.
 
Alessandro santos em 11/11/2011 10:38:23
Acho eu que teriam que proibir as indústrias de produzirem alcoo ou outros derivados
que são comsumidos pela população. Só que ai vocês ( VEREADORES) não tem kno-hou para competir com grandes empresas que geram milhares de emprego.
Devo esclarecer para os senhores do legislativo da capital, que a jurispridência de ta fato não cabe a vocês e sim MP.
INVENTA OUTRA VAI !!!!!!!!!!!!
 
CICERO DE SOUZA em 11/11/2011 10:33:35
senhores vereadores vamos aproveitar o momento olhar tambem as igrejas que ficam tocando musicas e gritando até 22hs.
 
jorge ullony em 11/11/2011 10:33:13
Tem que proibir mesmo! Nos paises desenvolvidos não se vc um cidadão tomando bebida alcóolica na rua. Imaginem vc chegando em um posto para abastecer seu veiculo com sua familia , e este posto esta cheio de pessoas enchendo a cara,qual segurança vc terá? Uma briga .....tiros.....drogas....nudez......etc de tudo de péssimo exemplo as pessoas de bem.
 
Antonio Silva em 11/11/2011 10:32:29
Vender bebida em conveniencia, tomar cerveja na rua, na praça... o que o poder publico deveria fazer é tirar os arruaceiros das ruas e meter na cadeia sem direito a fiança, com no minimo tres dias de cana, quem quiser fazer sua bagunça que arque com as consequencias, se vou no posto abastecer e comprar uma cervejinha, a responsabilidade é minha...policia faça a sua parte e deixe o povo viver.
 
ALTINO AIRES DA SILVA em 11/11/2011 10:31:42
Essa conversa toda só porque apareceu na televisão. Tanto problema mais importante pra se resolver pela cidade. Ficam ai com essa hipocrisia. Chamar quem bebe de desocupado é no mínimo falta de utilizar o cérebro pra algo útil senão acompanhar a vida alheia. Eu não bebo em posto ou em conveniência, mas me utilizo desses comércios quando faço ou vou à festas e não faço bagunça pra isso.
 
Bruno Nodes em 11/11/2011 10:13:53
Parabéns a camara de vereadores!!! Imaginem aquele cidadão que mora ao lado de um posto de gasolina ou de uma conveniencia, que tem uns sem futuro com o som em altissimo volume e musicas de péssima qualidade, que não o deixa dormir para ir trabalhar no outro dia, isso sim é absurdo.Pessoas de bem que trabalham o dia inteiro e não podem descansar. Tem que tirar os vandalos das ruas.
 
Francisco de Araujo em 11/11/2011 10:13:01
Pqe não faz logo um projeto pra população apenas trabalhar, estudar e ir pra casa dormir???? Ou ate 20h da noite NINGUEM nas ruas???

Vaaii...... pow, daqui uns dias não podera fazer nada mais não é?!! Não pode isso, não pode aquilo. Tenho uma dica pro nome da nova lei: "NÃO VIVA, SE ESTRESSE COM O TRABALHO E SEUS ESTUDOS! DIVERSÃO? PRA QUE?!!
 
Fernanda Gregory em 11/11/2011 10:07:39
Ontem vi na tv esse "Dr." Loester dizendo que querem transformar campo grande em um cemitério onde se deve apagar as luzes e todos dormir! Eu pergunto a esse cidadão: pq o Sr. não coloca suas netas e filhas pra "curtir" a noite da capital?Dançar em cima de saveiro sem calcinha?Que tal? Se é que ele possui família né,pq uma pessoa que concorda com essa baixaria nao tem princípios!E tenho dito!
 
Caroline Dourado em 11/11/2011 10:05:27
Concordo plenamente!E quem nao está gostando dessa nova atitude é pq faz parte desses arruaçeiros!Se vcs querem ficar na rua, problema de vcs, mas nao venham urinar na porta da minha casa,ou colocar som alto para as crianças e idosos nao conseguirem dormir ou quem sabe né,ter relaçoes sexuais em público.Chega de hipocrisia,desde quando isso é diversão?Isso é falta de respeito aos demais!
 
Caroline Dourado em 11/11/2011 10:02:47
Democracia não é fazer o que se quer e sim, o que se pode fazer respeitando os direitos dos outros. O meu direito começa onde termina o seu.... o seu direito começa onde termina o meu. Essas algazarras, principalmente, nas conveniências são frutos do consumo excessivo de bibidas alcoólicas, consumo de drogas, prostituição, inclusive, infantil. Gente! Como está nao dá para ficar.
 
jose alfredo de melo em 11/11/2011 09:56:46
Sim vamos proibir tudo!o cidadão de beber a sua cerveja,de sair de casa para si divertir,vamos proibir tudo que não seja para pagar impostos.afinal se não pagarmos impostos como e que eles vão receber seus salários.Senhores vereadores porque vocês não fazem leis que realmente vão trazer benefícios para população de campo grande.
 
cesar benites em 11/11/2011 09:53:42
E digo mais:
Exatamente por isso é melhor transformar o cidadão de bem em bandido do que tentar recuperar o bandido.
Os legisladores sabem disso e sempre vão agir dessa forma.
Lamentável. Em todas as eleições a minoria vota buscando mudança/melhora e a maioria vota pensando somente em sí.
Por isso esse país não é sério e nunca será.

 
André Pericles em 11/11/2011 09:32:19
Gente vamos com calma, vamos parar de escrever bobagens.Prá começar frente de casa é uma coisa, bagunça em frente as conveniências é outra, bebida alcólica é uma coisa água e refrigerante é outra.Parabéns aos vereadores que aprovarem essa lei.Pois muitas vidas serão preservadas.
 
donizetti aparecido margarido em 11/11/2011 09:31:54
Ah sim. Então quer dizer que os que tomam a sua cerveja responsavelmente, pegam um taxi para voltar para casa (como foi solicitado antes e depois da lei seca), vão ter q pagar pelos irresponsáveis?
O grande problema do Brasil é esse. As leis são feitas para os cidadãos de bem. Não são feitas para punir os infratores.
É muita mais facil mulltar, prender e proibir uma pessoa que anda na linha.
 
André Pericles em 11/11/2011 09:26:43
Se alcool e direção não combinam, a venda de bebidas alcoólicas em postos de gasolina, está totalmente errado. O cara vai abastecer o carro, e já sai com uma latinha na mão. As conveniências, hoje são centros de transtornos, pois amontoam um monte de desocupados, ouvindo um som de carros em volumes ensurdecedores e muitas vezes atrapalhando o transito. Algo tem que ser feito.
 
valter antunes em 11/11/2011 09:24:22
Concordo. As praças e vias publicas são para todos e não só para alguns. Acho que conveniências e praças não são lugares de tomar cerveja e outros. Tem o lugar certo que são os bares. Esses lugares só estão servindo para algazarras. Geralmente quando estão em grupo eles acham que podem fazer o que quiser.
 
Cida Barros em 11/11/2011 09:04:06
Adorei! Esses cachaceiros agora terão que se conformar em ficar em casa mesmo. Melhor do que ficar importunando o sossego dos outros... não sabem beber, não sabem conviver civilizadamente, então que fiquem em casa mesmo. Nota Dezzzz!
 
Carol Oliver em 11/11/2011 09:00:03
agora so falta vota uma lei que proiba as pessos de se divertirem ou ate mesmo regular no quesito oque voce pode compra, comer, beber e se diverti ou seja so do serviço pra casa da casa pro serviço, é cada uma que eles inventam, oque falta em campo grande é um espaço pro pessoal se diverti garanto se tivesse um espaço proprio para eles se divertirem acabaria com o tormento nos bairros e centro...
 
luan gaspareto em 11/11/2011 08:42:54
Com todo respeito aos autores deste PROJETO, mas tem leis mais importantes para serem criadas.
O Legislativo ficar pedendo tempo com estas "bobeiras" é um absurdo.

Lembro aos caros vereadores que ano que vem tem eleições.Por que não se preocupar com outros assuntos mais importantes: Saúde., Educação ...
 
Jayme de Magalhães Júnior em 11/11/2011 08:28:47
isso é falta de trabalho.....da câmara.... pois bem agora as 19h eu me tranco dentro de casa e vou dormi...kkkkkkkk palhacada
 
Demetrio Gimenez em 11/11/2011 08:21:27
este politicos não tem o que fazer mesmo, até parece que eles não bebe ne.
 
marcos brito porto em 11/11/2011 08:01:00
Na minha opnião deveriam se preocupar com a violência nas ruas, não com cidadão honesto que tem direito a se divertir da forma que ele achar correto. Ao invés de proibir, deveriam criar um lugar para que tdos pudessem se divertir sem ser incomodado e sem incomodar a ninguém.
 
Adriane Ramalho em 11/11/2011 07:51:32
deixa o povo curtir mas e claro sem exageiros!!!!!
 
marcio cabral em 11/11/2011 07:20:43
Ao invés de fazer uma nova lei q vai contra a liberdade e o direito dos comerciantes de trabalharem. SERIA
MUITO SIMPLES: COLOCAR A POLICIA PARA COIBIR OS EXCESSOS.
 
Julio cesar em 11/11/2011 05:17:32
gostei quem fica na rua ate altas horas e vagabundo não trabalha
outra coisa que tem que ver e os som dos carro cada vez mais forte só
para perturbar a vida das pessoas
 
waldemar favaron em 11/11/2011 04:18:49
O problema disso tudo é educação, são crianças que crescem sem estrutura falimilar, viram adolecentes sem valores e adultos sem educação e respeito ao proximo, não é coibindo bebidas, festas etc,,, tem que dar educação ao povo, só assim se resolve os problemas.
 
alexander hildebrand em 11/11/2011 03:38:58
nao concordo da proibiçao ate drogas que sao proibidas estao ai nas ruas da periferia dia e noite e ninguem faz nada........lei existe nao aplicam.
quem faz a bagunça a noite nas ruas e fins de semana e o menor com algazaras e bebedeiras , tem que punir sim quem vende para o menor.....
toque de recolher tinha que existir para o menor na noite porque a coisa ta tao feia e ninguem faz nada........
 
Claudia Silva Gonçalves em 11/11/2011 03:34:40
isso e bom, por que todos vam comesar a fazer festa em casa ai a policia vai trabalhar pq a visinhaça vai liga pedindo para eles irem ache o saco para parar com a baderna.
 
rafael cassiano em 11/11/2011 03:31:29
Aprovado... gostei
 
lucia camarini em 11/11/2011 02:50:36
Nem o projeto de proibição de venda em postos de combustiveis nem o de consumo em vias publicas e praças está certo, isso não vai resolver nada do mesmo jeito que a proibição de venda em rodovias não resolveu, não podem proibir alguem de tomar cerveja em frente a sua casa ou um comerciante de vender um produto legal isso não está certo, sera que os politicos não tem mais nada para fazer ??
 
Lucas Allan em 11/11/2011 02:49:18
daqui uns dias ate para beber agua vai ter hora certa por que virou lei..kkkk e o DIREITO DE IR E VIR ..tres amigos juntos ja e aglomeraçao????ou quadrilha so falta eles colocarem isso na lei tambem.....
 
marcio cabral em 11/11/2011 02:24:24
Elaborem a lei com toque de recolher apartir da dez, fica mais facil.. E ponham as tropas nas ruas para prenderem que desobedecer.. dessa maneira tira esse disfarce de ditartura hipócrita
 
carlos lima em 11/11/2011 01:09:40
Concordo com a proibição, precisamos nos conscientizar que o álcool é o causador da maioria dos acidentes de trânsito com vítimas fatais e também causador de homicídios. Penso que é por esses motivos acima apresentados que em grande parte dos países desenvolvidos o consumo de álcool em áreas públicas é proibido. Vamos preservar a vida de nossos jovens.

 
Marcus Ferraz em 11/11/2011 01:08:16
ISSO É ÓTIMO! TEM QUE PROIBIR SIM ALGAZARRAS, VENDA DE BEBIDAS APÓS AS 23H E PRINCIPALMENTE PUNIR QUEM VENDE.
 
adao da silva rodrigues em 11/11/2011 01:07:03
Primeiro quis proibir publicidade com lingerie, ou biquine...agora venda de bebidas nas ruas e conveniencias... ai saudade do tempo em que eles so ficavam trocando os nomes das ruas para promoverem seus parentes passados...parece que ate agora o unico que vive na realidade ali é o D.Loester. Temos que viver no reflexo da realidade, e apenas impor limites, pq é uma é um ato coletivo, adequemos.
 
Daniel Monfardini em 10/11/2011 11:36:14
esse projeto "polemico" ta mais se caracterizando exibicionismo de alguns puritanos... essa nova lei estara transferindo a responsabilidade de ordem publica da policia para as empresas privadas...que existem excessos nestas aglomerações existem, mas agora generaliza criando lei para coagir as pessoas como em currais ja é demias...cobrem as leis existentes e ja resolvera, simples!
 
Daniel Monfardini em 10/11/2011 11:24:29
Estamos retrocedendo a nossa utopia..... liberdade..... liberdade..... e pensar que nosso dinheiro esta servindo para que nossos excelentíssimos vereadores e prefeito perderem tempo com esta discussão. DITA...dura..... cuidado nelsinhoooo........
 
sergio freitas em 10/11/2011 10:11:49
Pensando bem esta nova lei valerá principalmente para esses shows públicos onde principalmente a prefeitura no carvaval alugam espaços para a venda de bebidas alcóolicas vai ser um alivio para os moradores, pois quando acabam estes eventos o que se ve são menores alcolizados e outros será que o prefeito ao sancionar tal lei vai pensar nesses eventos ou a policia vai dar uma que não viu. Sei não.
 
sergio freitas em 10/11/2011 10:06:11
Na minha opinião, se aplicarem as leis já existentes, na forma em que estão escritas, e cada qual, tanto polícia, quanto poder judiciário, cumprirem honestamente com suas obrigações, o povo verá que o melhor caminho a seguir é o da convivência pacífica. SANTA UTOPIA!
 
Jandira Silva em 10/11/2011 04:57:22
Concordo com esse projeto.Ta na hora de acabar com essa arruaça!!!
 
Cauê Fava em 10/11/2011 04:18:35
Concordo com a proibição em posto de gasolina, pqe aquela bagunça, ninguém merece! Mas proibir em conveniencias, praças e ruas?! Aí jah eh demais! Proibam os habitantes de sair na rua logo de uma vez então!! Quer dizer que quem quiser tomar uma cervejinha com os amigos agora só vai poder ir nesses bares da cidade (que não são muitos, pois estão sempre lotados) ou ficar em casa msmo..
 
Priscilla Oliveira em 10/11/2011 02:43:15
Será que vao proibir tb de tomar agua em casa, ou ate mesmo tomar um refrigerante em praça publica???

com tantascoisa para se fazer na camara municipal muito mais importantes como Saude, educação, e ate mesmo transito, querem impedir de se tomar cerveja em praças e vias publicas!


ISSO E BRASIL!!!
 
José Luis em 10/11/2011 02:26:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions