A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

10/03/2018 16:58

Projeto prioriza mulheres vítimas de violência em vagas de emprego

Intenção é possibilitar que estas mulheres possam ingressar no mercado de trabalho

Leonardo Rocha
Deputada Antonieta Amorim apresentou projeto na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)Deputada Antonieta Amorim apresentou projeto na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)

A deputada Antonieta Amorim (MDB) apresentou projeto que prioriza mulheres vítimas de violência em vagas de emprego, nas agencias estaduais que encaminham os candidatos para o mercado de trabalho. Os cargos escolhidos serão de acordo com sua qualificação profissional.

A intenção da autora é que esta mulher consiga ser independente financeiramente, para não cair mais no "ciclo de abuso e violência" do seu agressor. "Mato Grosso do Sul é pioneiro no combate a violência contra mulher, mas o esforço é pouco frente à gravidade do problema. Precisamos garantir que ela retorne ao mercado de trabalho", disse a deputada.

Os critérios para esta atualização no banco de empregos serão definidas pelo poder executivo estadual, junto com os órgãos e entidades que tratam do setor de trabalho. "É necessário ações para garantir que a mulher violentada retorne ao mercado de trabalho, com a finalidade de garantir uma vida digna e independente a si e a seus dependentes", explica a autora.

A deputada terá que articular o projeto com a base aliada do governo, já que o executivo estadual vetou um projeto parecido da parlamentar, onde ela dava prioridade para as mulheres vítimas de violência, na concessão de casas populares. A justificativa era que a matéria não era competência do legislativo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions