A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

26/03/2018 12:35

Projeto sobre educação ambiental pode sofrer mudanças após sugestões

Sugestões de especialistas podem ser incluídas ao projeto por meio de emendas

Leonardo Rocha
Especialistas apresentaram sugestões durante audiência na Assembleia (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Especialistas apresentaram sugestões durante audiência na Assembleia (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

O projeto que vai tratar da política estadual de educação ambiental, pode sofrer mudanças em seu texto original, após receber sugestões de especialistas do setor. Eles apresentaram algumas alterações durante audiência que ocorreu na semana passada. Estes itens devem ser apresentados por meio de emendas.

A proposta foi enviada pelo governo estadual e antes de ser enviada para votação, o deputado Pedro Kemp (PT) organizou uma audiência, para discutir o tema e ouvir o que os representantes do setor esperam desta nova legislação em Mato Grosso do Sul.

Simone Mamede, representante da CIEA-MS (Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental em Mato Grosso do Sul), sugeriu que o projeto estadual também contemplasse os “povos tradicionais” do Estado, que tem este contato com os biomas que são ameaçados e precisam de preservação.

Também pediu uma atenção especial com as “licenças ambientais” para que sigam as normas da política nacional de educação ambiental, com a utilização de estudos de impacto ambiental que estejam cadastrados neste sistema. Ela ainda lembrou da importância do fundo estadual do setor, para que haja recursos próprios para as atividades.

Pesquisas - A professora universitária Suzete Wiziack ponderou que já existem inclusive pesquisas realizadas no Estado que avaliam a potencialidade da educação ambiental. “A UFMS, por exemplo, já conta com um banco de dados de projetos, responsável pela formação de mais de 300 especialistas espalhados pela Estado”, pontuou.

O projeto que está em discussão na Assembleia tem a intenção de estabelecer as diretrizes para o setor, seguindo os objetivos que foram firmados na lei federal sobre educação ambiental, que determina que os estados e municípios façam esta organização. Uma das propostas é que os professores da rede pública e privada tenham está área em seus respectivos currículos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions