A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/05/2014 11:26

PSB pode indicar vice e suplente ao senado na chapa de Nelsinho

Zana Zaidan e Kleber Clajus

Pré-candidato ao governo pelo PMDB, o ex-prefeito Nelson Trad ofereceu a vaga de vice e segundo suplente ao senado ao PSB, partido do presidenciável Eduardo Campos.

Quanto ao primeiro suplente da pré-candidata à senadora, Simone Tebet, Nelsinho afirma que a vaga está aberta para outras legendas. “Onze partidos, incluindo o PMDB, seguem juntos, e a vaga deve ser oferecida a um deles”, disse durante o 5º Congresso Nacional de Vereadores de Mato Grosso do Sul, realizado na manhã de hoje (22) em Campo Grande.

Nelsinho já formalizou convite ao presidente estadual do PSB e prefeito de Dourados, Murilo Zauith, para que seja seu vice na chapa, e deixou para que o partido indique um nome para o segundo suplente ao senado.

Os dez partidos que seguirão com o PMDB, no entanto, Nelsinho não revela. “Para não entregar o ouro ao inimigo. Mas não vamos fazer nenhuma aliança ‘Frankstein’”, reforçou o pré-candidato sobre a coerência na hora de formar as alianças.

Com a aliança com o PSB, Campos terá palanque em Mato Grosso do Sul, sem que, na avaliação de Nelsinho, haja uma divisão interna dentro do partido. “Mantenho minha posição favorável a Campos. O PMDB já tem maturidade consolidada na última eleição quando, inclusive, apoiei Dilma”, considera.

A mudança surge porque o ex-prefeito da Capital teria visto uma forma de administração “diferente da esperada”. “É muito triste a forma de governar da Dilma. Os recursos que Campo Grande recebeu vieram porque fizemos parcerias saudáveis”, exemplificou sobre a equipe formada para a gestão da cidade durante dois mandatos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions