A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/03/2012 12:14

PSDB rebate PMDB e cogita Simone como candidata a vice de Azambuja

Wendell Reis e Fernando da Mata

Vereadora Rose Modesto afirma que só seria vice de Reinaldo Azambuja

Deputado Márcio Monteiro disse que a recíproca é verdadeira e sugeriu apoio do PMDB ao PSDB (Foto: Marlon Ganassin)Deputado Márcio Monteiro disse que a recíproca é verdadeira e sugeriu apoio do PMDB ao PSDB (Foto: Marlon Ganassin)

O assédio do PMDB para ter o PSDB como vice nas eleições para a Prefeitura de Campo Grande tem movimentado os partidos que iniciaram a corrida pelas alianças. Entretanto, esta briga não tem deixado o PSDB satisfeito.

Questionado sobre a possibilidade de ter a vereadora Rose Modesto (PSDB) como vice de Edson Giroto (PMDB) na disputa pela prefeitura de Campo Grande em outubro, o vice-presidente do PSDB, deputado Márcio Monteiro, rebateu o convite e disse que a recíproca é verdadeira.

O deputado entende que o PMDB poderia oferecer uma vice para o PSDB e sugeriu a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) ou a presidente municipal do PMDB, Carla Stephanini , como vice na chapa do pré-candidato do PSDB, deputado federal Reinaldo Azambuja.

Márcio Monteiro acredita que o lançamento da candidatura do PSDB é a oportunidade que o partido tem de mostrar experiência administrativa e vivência. Para ele, a população de Campo Grande aguarda um tempero novo.

Rose descarta ser vice - A vereadora Rose Modesto (PSDB) defende a candidatura do partido. Ela lembra que se reuniu ontem (5) com Azambuja e saiu convencida de que o partido terá candidatura. “Saímos de lá mais do que nunca convictos da candidatura do nosso partido. Não somos oposição ao PMDB, mas temos alguns desafios”. A vereadora também aproveitou a oportunidade para dizer que não existe a possibilidade de ser vice do PMDB: “Só tem uma possibilidade: Eu ser vice do Reinaldo”.

O deputado Rinaldo Modesto, irmão da vereadora, lembra que ela é candidata à reeleição e não a vice. O deputado ressalta que hoje o partido tem a candidatura de Reinaldo Azambuja, mas lembra que ainda é cedo para fazer avaliações mais precisas: “Na política, um dia é uma eternidade. Até dia 5 de julho muita coisa pode acontecer”.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions