ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 23º

Política

PT de MS defende nome de Mato Grosso para dirigir a Sudeco

Por Edivaldo Bitencourt e Lidiane Kober | 09/12/2013 15:44

Parlamentares do PT de Mato Grosso do Sul defendem a efetivação do atual diretor superintendente substituto da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), Cléber Ávila Ferreira. Ele é técnico em edificações e engenheiro sanitarista do Mato Grosso.

Ferreira substitui Marcelo Dourado, que deixou o cargo após o PSB entregar os cargos no Governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Ele é filiado ao PROS, partido criado neste ano, que integra a base de apoio ao Governo federal e faz parte dos aliados do senador Delcídio do Amaral (PT) em Mato Grosso do Sul.

Durante evento, na tarde de hoje (9) na Assomassul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o petista defendeu a efetivação de Cléber Ferreira. “Tem apreço por Mato Grosso do Sul e a bancada (federal) é bem atendida”, ressaltou Delcídio.

Ele ainda citou que o superintendente substituto é “competente” e “recuperou emendas de até 2010”, que eram consideradas perdidas.

“Vai ser ele, eu articulo bem”, gabou-se o deputado federal Vander Loubet (PT), outro que defendeu a manutenção de Cléber no cargo. “É um nome que agrega”, frisou.

Segundo a Sudeco, Cléber Ávila Ferreira tem uma vasta experiência profissional na iniciativa privada e atuou como diretor técnico de empresas de engenharia no Mato Grosso, onde conduziu “projetos relevantes de infraestrutura urbana e projetos habitacionais.

A expressividade do cargo diz respeito à liberação de recursos, pela Sudeco, do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento), orçado em R$ 5,5 bilhões, e do FDCO (Fundo de Desenvolvimento do Centro Oeste), de R$ 1,4 bilhão, ambos a serem distribuídos entre os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal neste ano.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário