ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 22º

Política

PT oficializa candidatura de Giselle Marques ao Governo de MS

Vice na chapa petista não foi definido e será anunciado às vésperas do prazo final definido pela legislação

Jhefferson Gamarra e Adriano Fernandes | 30/07/2022 09:28
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Giselle Marques e Tiago Botelho em em conveção partidário do PT (Foto: Bruna Marques)
Giselle Marques e Tiago Botelho em em conveção partidário do PT (Foto: Bruna Marques)

O diretório estadual do PT oficializou neste sábado (30) o nome da advogada Gisele Marques, para disputar o governo de Mato Grosso do Sul, nas eleições deste ano. O lançamento da candidatura foi confirmado durante a noite em convenção da legenda. O vice ainda não foi definido.

A convenção para oficializar o nome da advogada, do candidato ao senado e dos postulantes a deputados federais e estaduais, ocorreu em clima festivo na Câmara Municipal de Campo Grande, com representantes e militantes da sigla.

“Nosso governo será voltado para as pessoas mais humildes, tenho conversado muito com o presidente Lula e ele tem dito o seguinte: ‘Nós precisamos colocar o pobre no orçamento e os ricos no imposto de renda’. Junto com Lula vou atuar em prol da justiça social no Brasil e no Mato Grosso Do Sul”, frisou Giselle.

Pré-candidata ao Governo de MS pelo Partido dos Trabalhadores, advogada Giselle Marques (Foto: Paulo Francis)
Pré-candidata ao Governo de MS pelo Partido dos Trabalhadores, advogada Giselle Marques (Foto: Paulo Francis)

Além das conversas e alinhamento com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que de acordo com a sigla será o único candidato à presidência a pisar no palanque petista em Mato Grosso do Sul. A advogada, que pela primeira vez concorrerá a uma eleição, garantiu a candidatura terá um olhar social, voltado principalmente para a geração de empregos.

“O PT ficou conhecido por ser o partido dos programas sociais, da bolsa escola, segurança alimentas, das políticas de inclusão de negros e pobres nas universidades, mas nosso foco não são serão os programas sociais, vamos reforçar sim esses programas, mas o principal para nós é que os sul-mato-grossenses tenham empregos e salários dignos”, disse.

A expectativa do partido é que a escolha do vice só ocorra às vésperas do prazo final definido pela legislação, 5 de agosto. A principio o nome escolhido será da federação partidária formada pelo PT, PCdoB e PV. “Estamos fazendo várias conversas e embora hoje seja nossa convecção teremos ainda a convenção da federação onde será definido o nome do vice. Essa semana termos todas as definições”, resumiu a candidata.

Como era esperado, o nome do professor universitário Tiago Botelho foi confirmado como candidato do PT ao Senado. Os deputados estaduais Pedro Kemp e Amarildo Cruz tentarão reeleição ao cargo. O deputado federal Vander Loubet, também disputará reeleição. A vereadora Camila Jara, tentará trocar a cadeira na Câmara Municipal de Campo Grande por uma na Câmara Federal.

Membros e pré-candidatos do partido durante a convenção (Foto: Bruna Marques)
Membros e pré-candidatos do partido durante a convenção (Foto: Bruna Marques)
Militante do partido fantasiado de estrela, símbolos do PT (Foto: Paulo Francis)
Militante do partido fantasiado de estrela, símbolos do PT (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias