A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/09/2012 18:30

Puccinelli afirma que já percorreu 40 municípios em campanha

Fabiano Arruda
Governador André Puccinelli concede entrevista durante evento nesta tarde na Capital. (Foto: Rodrigo Pazinato)Governador André Puccinelli concede entrevista durante evento nesta tarde na Capital. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou, no final da tarde desta terça-feira, durante evento sobre trânsito realizado no Grand Park Hotel, em Campo Grande, que já percorreu cerca de 40 municípios durante a campanha.

“Alguns eu não vou porque não há necessidade”, comentou Puccinelli. O governador reafirmou a crença de que seu partido eleja ao menos 30 prefeitos.

O governador ainda desconversou sobre a possibilidade de se licenciar para se dedicar exclusivamente às eleições. “Vamos ver lá na frente. Continuo trabalhando porque o foco maior é cuidar do Estado”, frisou.

“O povo é sábio e vai escolher o certo, mesmo que não seja meu candidato e depois veja que não foi certo, como aconteceu em Dourados”, completou.

Campo Grande-André também comentou sobre o desempenho de seu candidato à Prefeitura da Capital, Edson Giroto, no primeiro debate das eleições deste ano, realizado ontem (10) e transmitido pela TV Imaculada.

Ele reconheceu que Giroto “estava muito nervoso no começo”, o que considerou como natural. “Lembro do meu primeiro debate e eu estava tremendo. No geral acho que ele esteve bem como muitos estiveram”, opinou.

Para o governador, ficou patente a ausência de detalhes e meios para execução dos projetos apresentados. “Começa a se diferenciar as condições e é no improviso que se vê quem tem substância e não só ideias”, disse, ressaltando que apenas três candidatos se destacaram, sem citar nomes.

Agenda - O governador cumpriu agenda nesta manhã em Brasília (DF), onde participou de cerimônia em foram repassados os detalhes da redução, anunciada na última sexta-feira, e que vale a partir de 1º de janeiro de 2013. A previsão é que os custos caiam na ordem de 16,2% para consumidores residenciais e 28% para as indústrias.

“No total vão ter alguns bilhões de reais que vão fazer com que a tarifa diminua”.

O Governo Federal aposta na redução para estimular a economia. “É o efeito sistêmico sobre todos os setores, vai reduzir o custo das mercadorias, melhorar a situação do Brasil na disputa internacional. O trabalhador vai ganhar, o empresário vai ganhar”, discursou a presidente Dilma nesta terça, segundo informações da Agência Brasil.

André acompanha em Brasília anúncio de redução da tarifa de energia
O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), acompanha em Brasília, nesta manhã, a oficialização das medidas que, conforme o governo ...
Prestes a iniciar recesso, Assembleia pauta 27 projetos para esta quinta-feira
A Assembleia Legislativa pautou para a sessão desta quinta-feira (14) a votação de 27 projetos. Entre eles estão os 23 remetidos na terça-feira (12) ...


Governador fazendo campanha e o Estado, como sempre, deixado de lado.
 
Raphael Domingos em 12/09/2012 11:10:33
E o ICMS que é a principal tributação da energia. Vai ter redução sr. Governador?
 
Ari Vargas Leal em 12/09/2012 08:49:11
Seria justo a população ter documentos comprovando os custos de viagem em campanha?
Quem está pagando as viagens do governador, em campanha?
Ele está viajando como governador do MS ou como cabo eleitoral?
Que país é esse?
VOTE naquele que aceite ganhar um salário mínimo, aceite trabalhar 5 dias por semana no seu gabinete e junto a população, aceite prestar contas dos recebimentos.
 
Alexsander Lima de Souza em 12/09/2012 08:48:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions